Imagem Blog

Renata Araújo

Por Renata Araujo Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Renata Araújo é jornalista e editora do site de turismo e gastronomia You Must Go!
Continua após publicidade

Galícia, muito além do Caminho de Santiago

O destino espanhol é um verdadeiro museu a céu aberto, com patrimônios históricos, e uma gastronomia rica em frutos do mar

Por Renata_Araújo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
29 Maio 2024, 12h04

Você já deve ter escutado falar do Caminho de Santiago, uma das rotas de peregrinação mais importantes e antigas da Europa. O ponto final do caminho, que pode chegar a 800km, é Santiago de Compostela, distante apenas uma hora de avião de Madri. Mas a região no noroeste da Espanha tem muito mais a oferecer, e é isto que você vai descobrir nesta coluna. Me surpreendi muito quando fui a primeira vez, em 2015, e agora me encantei ainda mais pelos olhos da minha editora-assistente, Duda Vétere, que passou por várias cidades!

santiago de compostela
Santiago de Compostela, capital política da Galícia (Duda Vétere/Divulgação)
renata em santiago de compostela
Renata Araújo em Santiago de Compostela, em 2015 (Renata Araújo/Divulgação)

A Galícia é uma das 17 comunidades autônomas da Espanha, e conta com 7 cidades distribuídas em 4 províncias: Lugo, Ourense, Pontevedra e Coruña. A capital política, Santiago de Compostela, é a mais famosa, justamente por conta do Caminho, que atrai milhares de pessoas ao longo do ano. O Brasil, aliás, é o maior grupo da América Latina a percorrer o trajeto. No coração de Santiago está a majestosa Catedral de Santiago de Compostela, com 800 anos e uma mistura dos estilos gótico, barroco e românico. É lá que fica o túmulo de São Tiago, um dos apóstolos de Jesus Cristo, que se acredita ter sido descoberto ali no século IX.

catedral santiago de compostela 3
Duda Vétere na Catedral de Santiago (Duda Vétere/Divulgação)
catedral santiago de compostela
Por dentro da Catedral de Santiago de Compostela (Duda Vétere/Divulgação)

Quem tiver fôlego, pode subir os 170 degraus até os telhados da Catedral e ter uma vista privilegiada da cidade!

catedral santiago de compostela
A vista dos telhados da Catedral (Duda Vétere/Divulgação)

A Praza do Obradoiro é a veia pulsante de Santiago, e ponto final dos peregrinos, que se reúnem ali após terminarem sua jornada. Além disso, a cidade tem um centro histórico encantador, com ruelas estreitas, praças charmosas, igrejas antigas e edifícios históricos bem preservados, como o Mercado de Abastos, onde encontramos uma grande variedade de produtos frescos e iguarias locais, como queijos, carnes, peixes e frutos do mar.

santiago de compostela
Em Santiago, há belezas para todos os lados! (Duda Vétere/Divulgação)
frutos do mar mercado de abastos
Frutos do mar frescos no Mercado (Duda Vétere/Divulgação)

As cidades e vilas da Galícia

A 1h30 de carro de Santiago de Compostela está Mondoñedo, uma vila de apenas 6 mil habitantes na província de Lugo. Considerada a capital do antigo Reino da Galícia, sua catedral do século XII é conhecida como “Catedral Ajoelhada”, por ser menor que as demais, e foi declarada Monumento Nacional em 1902.

Continua após a publicidade
catedral mondoñedo
A Catedral em Mondoñedo (Duda Vétere/Divulgação)

Também em Lugo, mas no município de Ribadeo, fica a famosa Praia das Catedrais. Um monumento natural, que pode ser visitado apenas na maré baixa, e que leva esse nome porque as rochas formam arcos e grutas que fazem lembrar as catedrais medievais. Todas estas formações geológicas resultam da erosão do vento e da água salgada!

praia das catedrais
A Praia das Catedrais (Duda Vétere/Divulgação)
renata na galicia
Renata Araújo na Galícia (Renata Araújo/Divulgação)

Ainda em Lugo, a menos de 1 hora de Mondoñedo, fica a charmosa Viveiro, que tinha um porto comercial importante e estratégico, o que fez com que o povoado fosse todo amuralhado no século XIII. Ainda há vestígios da antiga muralha medieval que resistiu aos ataques de piratas no séc. XVI, incêndios e inundações. As paisagens à beira do rio são cinematográficas!

viveiro na galicia
O charme de Viveiro (Duda Vétere/Divulgação)
viveiro galicia
Os vestígios da muralha em Viveiro (Duda Vétere/Divulgação)

Próxima parada: Coruña, uma das quatro províncias da Galícia, com 250 mil habitantes, e já com vibe de cidade grande, mas sempre com monumentos históricos preservados e ruelas charmosas. Ela é conhecida como a ‘’Cidade dos Cristais’’, pois quando os marinheiros chegavam, viam o sol se refletindo nos prédios. É lá que fica a Torre de Hércules, um passeio imperdível na cidade por conta do farol romano mais antigo do mundo  em funcionamento, há mais de dois mil anos! Situado bem no começo da Costa da Morte na Península Ibérica, ele foi construído para facilitar a comunicação marítima entre os países do Mediterrâneo do Atlântico.

coruña galicia
A vibrante Coruña (Duda Vétere/Divulgação)
torre de hércules
Torre de Hércules, o farol romano mais antigo do mundo ainda em funcionamento (Duda Vétere/Divulgação)

Mas deixando um pouco os programas históricos de lado, que tal saborear a cerveja mais famosa da Espanha direto da fonte? O MEGA, Museu da Estrella Galicia, oferece um tour bem completo, e no final há uma degustação harmonizada com conservas galegas, queijos e/ou embutidos.

museu estrella galicia
Programa imperdível para os fãs de cerveja! (Duda Vétere/Divulgação)

Por último, mas não menos importante, queria destacar duas cidadezinhas à beira mar da Galícia, na província de Pontevedra, que também ganharam meu coração. Baiona, muito importante por conta da navegação comercial, e onde, em 1493, aportou La Pinta, a primeira caravela que voltou a um porto espanhol depois da aventura pelas Américas, e Sanxenxo, onde pessoas de alto poder aquisitivo (e até nobres da realeza) passam suas férias, com vida noturna agitada, ruas de paralelepípedos e casas antigas. Fiquei sabendo que ferve no verão, já quero voltar!

Continua após a publicidade
baiona na galicia
A belíssima Baiona (Duda Vétere/Divulgação)
A réplica da La Pinta, em Baiona
A réplica da La Pinta, em Baiona (Duda Vétere/Divulgação)
A Orla de Sanxenxo
A Orla de Sanxenxo (Duda Vétere/Divulgação)

Gastronomia

Na Galícia come-se muito bem! A gastronomia galega é conhecida por sua qualidade e diversidade. Frutos do mar frescos são uma parte essencial da culinária, com pratos clássicos como o pulpo a la gallega (polvo à galega). Já quem gosta de mariscos pode se fartar com a variedade, desde os exóticos percebes até mexilhões, vieiras, zamburiñas e lagostins.

zamburiñas
As zamburiñas, da mesma família das vieiras! (Duda Vétere/Divulgação)

Desde os restaurantes mais casuais até os estrelados, o que não falta na Galícia são ótimos lugares para comer. Em Santiago de Compostela, destaco o Café Altamira, bem em frente ao Mercado, indicado no Bib Gourmand do Michelin, e o tradicional A Noiesa. Se procura alta gastronomia, faça uma reserva na Casa Marcelo, com 1 estrela Michelin, bem pertinho da Catedral. A fachada é discreta, mas o ambiente moderno e fun, com cozinha aberta e mesa compartilhada, faz com que a gente se sinta em casa.

cafe altamira santiago
Café Altamira, em Santiago (Duda Vétere/Divulgação)
casa marcelo santiago
Casa Marcelo, com 1 estrela Michelin em Santiago (Duda Vétere/Divulgação)
Ameijoas, mariscos clássicos da Galícia
Ameijoas, mariscos clássicos da Galícia (Duda Vétere/Divulgação)

Já em Coruña, indico o Árbore da Veira, também com 1 estrela Michelin, sob liderança do chef Luiz Veira. O ambiente é elegante e sofisticado, com cozinha aberta, e janelas de vidro que permitem a entrada de luz natural, e oferecem uma  vista linda da cidade, já que fica bem no topo do Monte de San Pedro.

Vista do Árbore da Veira
Vista do Árbore da Veira (Duda Vétere/Divulgação)
arbore da veira
Snacks no Menu Degustação (Duda Vétere/Divulgação)

Além disso, a Galícia também é conhecida por seus vinhos brancos, principalmente o Albariño, produzidos na região vinícola de Rías Baixas. Então se você curte enoturismo, vale a pena incluir no seu roteiro. Na província de Pontevedra fica Cambados, considerada a capital do Albariño, vinho branco fresco e frutado que está em alta tanto na Espanha, como em Portugal e também no Brasil. Seu centro histórico é um verdadeiro tesouro, que parece ter parado no tempo, com praças pitorescas e igreja barroca.

Continua após a publicidade
centro histórico cambados
O centro histórico de Cambados (Duda Vétere/Divulgação)
igreja cambados
A igreja em Cambados (Duda Vétere/Divulgação)

Ao redor da região, podemos avistar muitos vinhedos, e uma dica de programa é visitar a Bodega Martín Códax, fundada em 1986 como uma cooperativa, com cerca de 50 viticultores locais. Atualmente, são mais de 1.400 pequenos vinhedos cultivados por 550 famílias na região! Vale a pena fazer o tour e a degustação, harmonizada com produtos galegos.

bodega martin codax
Vista da vinícola Martin Códax (Duda Vétere/Divulgação)

Em resumo, a Galícia é uma região encantadora, com uma mistura única de história, cultura, natureza deslumbrante e gastronomia, que a torna um destino imperdível na Espanha!

galicia espanha
Vale a pena incluir a Galícia no seu roteiro! (Duda Vétere/Divulgação)

Renata Araújo é jornalista, editora do site de turismo e gastronomia You Must Go! e da página do instagram @youmustgoblog; com colaboração de Duda Vétere.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.