Imagem Blog

Otavio Furtado

Por Otavio Furtado, jornalista e consultor de diversidade & inclusão
Continua após publicidade

Rock in Rio terá artistas de Israel e Palestina no mesmo palco

Festival terá ainda apresentação de uma orquestra composta por músicos refugiados

Por otavio_furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 19 Maio 2024, 13h08 - Publicado em 17 Maio 2024, 19h45

O slogan este ano pode ter mudado para “40 anos e para sempre”, pra comemorar as quatro décadas do maior festival de música e entretenimento do mundo, mas o antigo “por um mundo melhor” nunca fez tanto sentido. Procurando levar discussões importantes e atuais para o público, sem de deixar de focar e usando a arte e diversão como canal, o Rock in Rio anunciou duas iniciativas para a próxima edição: Uma orquestra de refugiados como atração e artistas de Israel e da Palestina se apresentando no mesmo palco.

Leia também: Confira o line-up do Global Village

“Quando penso no line-up do festival eu tento muito não politizar, mas é uma oportunidade de colocar as pessoas pra pensar”, explica Zé Ricardo, Vice Presidente artístico do festival. É exatamente essa provocação que ele faz quando escala para o palco do Global Village, o espaço que celebra a World Music e estreia na edição de 2024, artistas que trazem consigo o simbolismo de questões urgentes no mundo atual.

No dia 15/09, o músico Anees que é descendente palestino, levará seu soul e a a luta pelos direitos humanos na Palestina para o festival. Em suas redes sociais, com mais de 2 milhões de seguidores postou um poema intitulado “Não me sinto seguro como um Palestino” e em entrevista recente à TRT World, empresa de rádio e TV Turca, o artista revelou que entrou na música por sentir que “era a melhor chance de causar impacto no mundo”.

No fim de semana seguinte, 19/09 será a vez da israelense Noa Kirel ocupar o mesmo espaço. A arista que se tornou conhecida através de um reality show no país é atualmente uma das cantoras mais importantes da cena pop local e já usou suas redes sociais, com quase 2 milhões de seguidores, para apoiar Israel no atual conflito.

Continua após a publicidade

“Estamos mostrando que dois grandes artistas de países que estão em guerra através da música podem ocupar o mesmo festival e transmitir uma ponto de esperança que com a arte a gente possa resolver conflitos”, explica Zé Ricardo.

Zé Ricardo mostrando o line-up do Global Village
Zé Ricardo apresenta line-up do Global Village em coletiva realizada hoje (17/05) (Alex Woloch/Divulgação)

Outro momento do Globall Village que promete chamar a atenção será a apresentação da Orquestra Mundana Refugi, convidas pelo Terra Celta. Formado por vinte e dois músicos imigrantes refugiados de países como Palestina, Irã, Guiné, Congo, Turquia, Cuba, China, Síria e Venezuela, o grupo musical sobe ao palco no dia 15/09 junto da banda brasileira de folk rock, que faz música irlandesa e celta com letras em português.

“Os refugiados são uma realidade no mundo inteiro por milhões de razões. Quando a gente vê uma catástrofe como essa no Rio Grande do Sul, por exemplo, a gente se conecta que as coisas podem estar mais próximas do que a gente possa imaginar”, ressalta o responsável pelo line-up do Rock in Rio. É mais um momento que Zé Ricardo quer usar o festival para fazer o público refletir sobre questões atuais.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.