Imagem Blog

Otavio Furtado Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Otavio Furtado, jornalista especializado em pautas LGBTQIA+
Rio LGBTQIA+
Continua após publicidade

Rio terá passeio gratuito por lugares importantes para comunidade LGBT

Rolé Carioca terá edição especial para falar de lugares e personagens LGBTQIA+ importantes da cidade

Por otavio_furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
21 jun 2023, 08h57

Conhecer a nossa história é fundamental para seguirmos na luta por mais espaço e reconhecimento. Pensando nisso, no próximo sábado (24/06), o Rolé Carioca organizará às 10h um passeio gratuito por lugares importantes para a comunidade LGBT no centro da cidade.

O grupo passará por lugares que abrigam a memória e resistência queer na cidade, começando pela Praça Tiradentes e indo até a Lapa. Além disso, ao longo do percurso será contada a história e importância de personagens LGBTQIA+ como os artistas Madame Satã, Rogéria e Eloína dos Leopardos, jornalistas como João do Rio e da equipe do Lampião da Esquina, além de arquitetos e urbanistas como Lota de Macedo Soares e Burle Marx.

“Resolvemos fazer esse rolé pelos lugares de memória de resistência da comunidade através de uma parceria com o jornalista e roteirista Guilherme Macedo, que está desenvolvendo uma pesquisa sobre lugares importantes para a população LGBTQIA+ no Rio de Janeiro”, explica Isabel Seixa de Mello,

Entre as curiosidades que serão apresentadas ao longo do passeio está, por exemplo, o local onde apresentou pela primeira vez Madame Satã, hoje um Hotel Íbis, e onde funcionava o Cabaré Casanova, onde se formou o grupo Dzi Croquettes.

Continua após a publicidade

O passeio por lugares importantes para a comunidade LGBT será gratuito e livre de inscrições. Quem quiser participar basta estar às 10h na Praça Tiradentes. Ele será guiado e mediado por historiadores representantes da comunidade LGBTQIA+, Wescla Vasconcellos e Vahnessa Musch. Ao final do rolé performances de coletivos LGBTQIAP+ serão realizadas.

O projeto é realizado com recursos obtidos via Lei Municipal de Incentivo à Cultura (Lei do ISS), mantida pela Secretaria Municipal de Cultura do Rio, que vai viabilizar, este ano, R$ 70 milhões.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.