Imagem Blog

Otavio Furtado

Por Otavio Furtado, jornalista e consultor de diversidade & inclusão
Continua após publicidade

Falta de apoio financeiro é principal problema das ONGs LGBTQIA+

Pesquisa inédita fez um diagnóstico do ativismo queer no Brasil

Por otavio_furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
11 jun 2024, 17h41

Uma pesquisa inédita realizada pela Abong (Organizações Brasileira de ONGs), em parceria com a Antra (Associação Nacional de Travestis e Transexuais) e a ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos), fez um diagnóstico sobre a realidade do ativismo LGBTQIA+ no Brasil. O Projeto Pajubá ouviu quase 90 organizações da sociedade civil de norte a sul do país.

A falta de apoio financeiro foi destaca como o principal desafio das ONGs. “Muitas vezes, as iniciativas são feitas por conta própria, com autofinanciamento e sacrifício da saúde mental e dos recursos das próprias militantes”, destaca o relatório final. Além da dificuldade de obter recursos no curto prazo, as organizações também precisam lidar com a ausência de um planejamento financeiro sustentável no longo prazo.

A maior dificuldade neste caso são a ausência de profissionais para captação de recursos dentro das organizações e falta de experiência para concorrer a editais. A atuação informal e a dependência constante de voluntários agrava o quadro e gera insegurança sobre a continuidade das atividades e a capacidade de expandir o alcance das missões.

O estudo aponta a necessidade de renovação de lideranças dessas ONGs LGBTQIA+, integrando a inovação trazida pelos novos membros com a memória e o aprendizado das lutas passadas. Além disso, desafios regionais estão presentes com organizações sediadas em grandes centros com mais acesso a recursos e políticas públicas, enquanto contextos interioranos lutam para se fazer ouvir.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.