Imagem Blog

Otavio Furtado

Por Otavio Furtado, jornalista e consultor de diversidade & inclusão
Continua após publicidade

Musical levanta questões polêmicas sobre a comunidade gay

Gay Card volta ao Rio sendo a primeira versão profissional do espetáculo

Por otavio_furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 12 out 2023, 11h31 - Publicado em 12 out 2023, 08h35

Estreia amanhã (13/10) no Teatro Cesgranrio (Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido) a nova temporada do musical Gay Card. No espetáculo temas como pessoas que não se encaixam nos estereótipos da comunidade, as problemáticas da hiper sexualização de jovens homossexuais, e as consequências que esses padrões trazem para as relações afetivas são discutidos de forma leve.

Gay Card é uma história sobre a vivência gay que foge das narrativas com as quais estamos acostumados a consumir no Brasil. Por ter sido escrita por dois homens homossexuais, a peça consegue analisar e, em certos momentos, até questionar estereótipos e situações vividas por membros dessa comunidade”, explica José Guerra, um dos responsáveis pela adaptação brasileira.

Gay Card leva temas polêmicos da comunidade gay para os palcos
Gay Card leva temas polêmicos da comunidade gay para os palcos (Aloysio Araripe/Divulgação)

A montagem brasileira é a primeira versão profissional do musical escrito por Ryan Korell e Jonathan Keebler estavam na faculdade. Para a versão nacional José montou um time com representatividade. “Tauã Delmiro foi convidado para dirigir o espetáculo por ser um artista LGBT com um ponto de vista muito único sobre encenação e por ser uma das nossas referências teatrais. A direção musical ficou por conta de Caio Loureiro, um jovem diretor musical gay que está no projeto desde a concepção. O elenco do espetáculo preza pela diversidade”, explica.

Continua após a publicidade

A versão brasileira de Gay Card conta a história de Lucas, um jovem gay recém-saído do armário que deixa Nova Friburgo para cursar faculdade no Rio de Janeiro com sua melhor amiga de longa data, Milena. Ao chegar na Casa da Diversidade, uma república que acolhe pessoas de todos os tipos, Lucas descobre que ser gay não é tão fácil quanto pensava. Com a ajuda do Blog Gay Card, um guia online para jovens homossexuais, o garoto experimenta diversas facetas tentando encontrar o seu lugar na comunidade.

Gay Card
Quando: 13 a 22 de outubro – Sextas e Sábados às 19h30 / Domingos às 18h
Aonde: Teatro Cesgranrio (Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido)
Ingressos: R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia entrada) – venda online

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.