Imagem Blog

Otavio Furtado Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Otavio Furtado, jornalista especializado em pautas LGBTQIA+
Rio LGBTQIA+
Continua após publicidade

CDS Rio divulga projetos e informações sobre leis na Parada

Além de cartilha com informações importantes, público terá acesso a oportunidades de ingressar no mercado de trabalho

Por otavio_furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 17 nov 2023, 11h10 - Publicado em 17 nov 2023, 07h44

No próximo domingo (19/11) a Avenida Atlântica, em Copacabana, estará mais colorida para receber a Parada do Orgulho LGBTIQA+ do Rio. Mas, além da festa que celebra a diversidade e luta pelos direitos da comunidade, o evento também serve para trazer informação e oportunidades para os participantes.

Para isso a CDS Rio – Coordenadoria da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio estará com algumas ações no evento. Na base montada em uma tenda em frente a Rua Souza Lima o público receberá informações sobre os projetos da prefeitura ligados a pauta, sobre legislação de proteção e direitos da comunidade LGBTQIA+, além de poder se inscrever no Banco de Talentos, que tem como objetivo ajudar no ingresso ao mercado de trabalho. Em parceria com a Secretária Municipal de Saúde, o espaço terá distribuição de preservativos, orientações sobre PrEP e PEP, vacinação e outras informações a respeito de saúde.

Ainda, ao longo de toda a extensão do trajeto por onde passará a Parada do Orgulho LGBTQIA+ do Rio agentes do Projeto Garupa, programa de promoção de saúde de pessoas da comunidade em situação de vulnerabilidade, estarão distribuindo através de QR Code uma cartilha com muitas informações importantes.

“A ideia é que com o QR Code a pessoa guarde a cartilha no seu celular e tenha facilidade de acesso sempre que precisar. Além disso ajudamos a não sujar a cidade entregando em papel impresso, que acaba sendo descartado pelas pessoas”, explicou Carlos Tufvesson, Coordenador da CDS Rio.

No material há uma lista de telefones úteis, informações sobre como agir em caso de LGBTfobia, tudo que é necessário para a requalificação civil de nome e gênero, projetos da prefeitura que atende essa população e as leis que garantem direitos e proteção à comunidade LGBTQIA+.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.