Imagem Blog

Manu Müller

Por Manu Müller, designer de interiores
Novidades e tendências de decoração
Continua após publicidade

Arquitetura biofílica: a tendência que nos fez voltar às nossas origens

Entenda o conceito e os benefícios da rica paleta de projetos biofílicos, que promovem o bem-estar e nos reconectam com a natureza

Por Manu_Müller Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
5 out 2022, 14h12

Quando o assunto é “promover o bem estar”, o olho logo arregala. Esse é um dos temas mais lidos do momento.

A coluna de hoje é sobre arquitetura, bem estar e natureza: conceitos que integram a chamada arquitetura biofílica. Mas, afinal,  o que significa biofilia?

Joguei a palavra no Google: “biofilia é traduzido como ‘amor às coisas vivas’ no grego antigo (philia = amor a / inclinação a)”.

Arquitetura biofílica               

Continua após a publicidade

Agora que entendemos a origem da palavra, é fácil de entender como a biofilia se aplica na arquitetura. Trata-se de uma arquitetura que caminha junto com a natureza,  incorporando seus elementos às construções e ao design. Basicamente, uma  arquitetura que busca se reconectar com o meio ambiente para promover o conforto emocional.

Na arquitetura biofílica, as linhas retas são deixadas de lado e o uso de silhuetas botânicas invadem os projetos, valorizando a fluidez e o natural, dando um up em quem transita ou mora nesses espaços.

Arquitetura Biofílica
Design orgânico: inspirado nas formas da natureza (Pinterest/Reprodução)

Somam-se  a isso cores e texturas que reproduzam padrões encontrados na natureza, técnicas de ventilação cruzada e  iluminação natural. Telhado verde, uso de plantas em espaços internos, ambientes mais silenciosos ou com sons que remetem à natureza (fonte de água) também são parte desse ferramental que busca transmitir saúde e bem estar.

Cores que lembram os padrões da natureza
Cores que lembram os padrões da natureza (Pinterest/Reprodução)

Elegantes e atemporais,  materiais  como bambu, madeira, palhinha, pedras e argilas são usados como estratégia para reconectar o homem ao meio ambiente. A madeira é um bom exemplo, além de versátil ajuda a relaxar a mente.

Continua após a publicidade
Arquitetura Biofílica
Projeto da arquiteta Marcia Müller, na Bahia, priorizando o uso de materiais naturais (Arquivo Pessoal/Reprodução)

Espaços que possuem elementos de vida natural são capazes de influenciar a mente humana de forma positiva

Estudos foram realizados sobre os benefícios da integração da natureza nos espaços de trabalho, resultando em aumento de produtividade e redução do estresse. Os projetos biofílicos quebram a seriedade sem prejudicar o profissionalismo. Através de elementos naturais, o profissional consegue relaxar trabalhando.

Continua após a publicidade
Arquitetura Biofílica
Projeto biofílico no escritório da Cardno, Austrália (Pinterest/Reprodução)

Na casa, a aposta do design biofílico vem cheia de charme, como com o uso de espelhos que ajudam a refletir a luz natural, ou o jardim vertical,  que, além de se encaixar em qualquer espaço, proporciona resfriamento natural do ambiente e  barreira acústica.  De quebra,  fornece uma conexão visual e emocional com a natureza.

Afinal,  nós  e a natureza somos parte de um fluido único.

Continua após a publicidade

Somos um!

Arquitetura Biofílica
Espaço Marcia e Manu Müller – Casa Cor 2019 (Arquivo Pessoal/Reprodução)
Arquitetura Biofílica
Restaurante Oxomoco, Nova York (Pinterest/Reprodução)
Arquitetura Biofílica
Pequenos detalhes grandes resultados (Pinterest/Reprodução)
Arquitetura Biofílica
Vasos podem compor um quarto biofílico (Pinterest/Reprodução)
Arquitetura Biofílica
Plantas por todos os lados e muita iluminação natural (Pinterest/Reprodução)
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.