Imagem Blog

Julia Golldenzon Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Julia Golldenzon, estilista carioca
Continua após publicidade

As principais tendências do outono-inverno 2022

Entre os destaques, a volta do veludo, a alta do crochê e dos tons vibrantes e o reinado do cropped, que agora invade o guarda-roupa masculino

Por Julia Golldenzon Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 16 jun 2022, 19h43 - Publicado em 16 jun 2022, 19h34

Este ano os cariocas tiraram os casacos do armário mais cedo. Com as quedas bruscas de temperatura antes mesmo da chegada da estação mais fria do ano, os looks de um rigoroso inverno tomaram as ruas, em paralelo à mais recente edição da São Paulo Fashion Week (SPFW N53), no início do mês, que apresentou as novidades do outono-inverno 2022. Entre as tendências da temporada que se destacaram estão a volta do veludo, a alta do crochê e dos tons vibrantes e o reinado do cropped, que agora invade o guarda-roupa masculino.

Veludo – Um clássico, o veludo surgiu com força em diversas coleções. O tecido mistura algumas características especiais, como o brilho e o toque macio, que fazem dele uma peça-chave para quem quer aliar um toque glam sofisticado ao conforto térmico no inverno, já que ele realmente é bem quentinho. Eu gosto tanto do material, que criei uma série de peças em veludo para a atual coleção da minha marca. Estilistas como João Pimenta e André Namitala, da Handred, também apostaram no tecido.

Crochê – Nos últimos anos, a moda buscou valorizar cada vez mais o trabalho dos artesãos e os materiais e acabamentos feitos à mão. Este movimento é uma resposta à voracidade do fast fashion. Eu, como estilista e como cliente, sou apaixonada pelos detalhes que só o bordado manual pode oferecer, por exemplo. Seguindo esta tendência de valorização dos trabalhos manuais dos últimos anos, o crochê, que ressurgiu com tudo em 2021 continua em alta. A técnica foi destaque na passarela da marca Mnisis, da SPFW N53, que apostou em casacos com maxipontos de crochê.

Tons vibrantes – Provável efeito da última maré da moda dopamina, aquela que propunha uma explosão de cores e de vida pós-pandemia,  os tons vibrantes dominaram várias passarelas, tanto do Brasil quanto internacionais. Uma maneira de desencaretar os looks de inverno, combinando casacos super coloridos a um visual mais neutro ou mesmo apostando em color-blocking, como peças variadas de uma mesma cor. O rosa, nos tons magenta e pink, esteve presente nas coleções de marcas como Valentino, Chanel e Isabel Marant.

Continua após a publicidade

Cropped – O meme ‘Reage, bota um cropped’ virou bordão. Mas a modelagem já foi além, virou peça quase obrigatória no closet, não importa qual é seu corpo. As blusas e casacos cropped democratizaram uma parte da anatomia que muita gente insistia em esconder: a barriga. A novidade é que a peça agora é proposta até para o guarda-roupa masculino – o que já foi moda nos anos 70 e 80 –, como fizeram as descolada grifes Vetements, francesa, e JW Anderson, americana.

As temperaturas mais baixas, algo incomum no Rio, me inspiram muito a escolher meus looks do dia a dia. Além do veludo, que eu amo, tenho adorado, por exemplo, arrematar cardigans com cintos cheios de detalhes artesanais. E você, vai atualizar seus looks de inverno com as novidades da estação?

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.