Imagem Blog

Julia Golldenzon Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Julia Golldenzon, estilista carioca
Continua após publicidade

Kim Kardashian e o vestido mais famoso de Marilyn Monroe

O que o Baile do MET, um dos maiores eventos de gala do mundo, nos ensinou sobre história da moda

Por Julia Golldenzon Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 6 Maio 2022, 12h31 - Publicado em 4 Maio 2022, 16h43

Unanimidade não é termo que se possa usar para descrever Kim Kardashian. Mas uma coisa é certa: ela é mestra em fazer uma roupa virar assunto. E não foi diferente esta semana, quando a celebridade apareceu no tapete vermelho do baile de gala do Metropolitan Museum (MET), em Nova York, que inaugurou a exposição Na América: Uma antologia da moda. Um dos maiores fenômenos das redes sociais, Kim surgiu com o vestido que foi usado por ninguém menos que Marilyn Monroe no aniversário do então presidente americano John F. Kennedy, nos anos 60. Bastou para ela ser assunto em todos os veículos que cobriram o evento, criando um conteúdo para muito além do red carpet e resgatando a história da moda.

Em 1962, sob os rumores de que teria um caso com John F. Kennedy, a atriz Marilyn Monroe apresentou-se no aniversário do então presidente com uma inesquecível e sexy performance, em que cantou “Happy Birthday, Mr. President”, no Madison Square Garden. A maior musa do cinema da época usava um vestido nude salpicado de seis mil cristais costurados à mão. A peça foi desenhada por Jean Louis, um dos figurinistas mais aclamados de Hollywood, com ajuda de Bob Mackie, e eternizou a presença de Marilyn no evento. O vestido foi feito sob medida, numa das fases em que a atriz esteve mais magra. A lenda é que o look seria tão justo que não era possível usar lingerie por baixo.

Em 2016, este mesmo vestido foi leiloado e comprado pela Ripley’s Believe it or Not!, empresa especializada em museus e eventos por US$ 4,8 milhões. Como o tema era a moda americana exibida num dos maiores museus do mundo e o baile tinha a temática de “Gilded Glamour” (glamour dourado), Kim não poderia ter tido ideia melhor. Em um só look, ela enalteceu o cinema, a história da moda, a relação entre as celebridades e a política, além de provar o poder de um look – isso para citar só algumas camadas de conteúdo que ela despertou com uma única aparição no tapete vermelho.

A empresa proprietária da peça não autorizou qualquer modificação, portanto, Kim teve que adaptar o próprio corpo para caber no vestido. Ela contou à Vogue americana que teve que emagrecer sete quilos em três semanas. “Foi um grande desafio, parecia que estava a preparar-me para uma personagem. Estava determinada a conseguir vesti-lo. Acho que ninguém acreditou que conseguiria fazê-lo, mas consegui”, disse Kim Kardashian à Vogue. Além disso, Kim é 10 centímetros mais baixa que Marilyn, o que a fez recorrer a saltos altíssimos para não ter que mexer na bainha.

Continua após a publicidade

Com um só look num tapete vermelho Kim nos proporcionou um bocado de assunto. Mais adequado a um baile que celebra anualmente exposições de moda, impossível. O vestido que ficou eternizado em fotos e vídeos em preto e branco com Marilyn cantando parabéns agora pode ser visto em cores, muitos brilhos e “ao vivo” nas redes sociais. Kim, o primeiro grande fenômeno mundial das redes sociais e dos realities deu uma aula de história da moda e styling.

 

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.