Imagem Blog

Julia Golldenzon Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Julia Golldenzon, estilista carioca
Continua após publicidade

Dolce & Gabbana e a volta dos grandes desfiles

Apresentação de coleções em Veneza, com presença de convidados do mundo inteiro, marca uma retomada das passarelas?

Por Julia Golldenzon Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 8 set 2021, 13h15 - Publicado em 8 set 2021, 13h11

Os desfiles de moda voltaram a chamar atenção com a apresentação da Dolce & Gabbana esta semana em Veneza. A grife italiana reuniu 450 jornalistas, clientes e influenciadores do mundo inteiro para assistir presencialmente ao lançamento das coleções de Alta Moda e masculina. Voltamos a ver uma passarela grandiosa com público numeroso, depois de um longo período de desfiles virtuais ou com poucos espectadores no estilo petit comité.

Em cena, vestidos dramáticos curtos e longos, com muito volume, e maxiblazer sobrepostos a minissaias. A coleção celebrou  Veneza, sua arquitetura e suas tradições, e enalteceu o artesanato italiano, com peças feitas à mão. Em cena, tecidos nobres, como veludo e seda, e bordados com vidros, cristais de Murano e penas. A passarela foi montada em plena Piazza San Marco, um dos cartões postais da cidade. Foi como se por uns instantes a moda deixasse de lado os looks confortáveis adotados na pandemia (assista ao desfile). Não há como negar, foi um desfile ostentação com tudo o que se tem direito em pleno pôr do sol.

Entre as celebridades presentes estavam Helen Mirren, Jennifer Lopez, Heidi Klum e Monica Belucci. A cantora Jennifer Hudson, uma das estrelas do evento, abriu o desfile cantando “Nessum Forma”, de Puccini, a convite de Domenico Dolce e Stefano Gabbana. Marinheiros vestidos com roupas tradicionais navy remavam em dezenas de gôndolas para levar, primeiro os convidados, e depois as modelos. A plateia ficou posicionada em mesas, cada uma com apenas duas cadeiras, que ocupavam toda a praça. Após o desfile, um jantar para celebrar a apresentação.

Houve crítica. Muitos internautas acharam a apresentação descolada da realidade, com excesso de ostentação e escapismo num momento ainda crítico para o mundo. Do ponto de vista da moda, as roupas estavam impecáveis e a apresentação foi impactante, como se espera de um desfile. Mas ao assistir ao vídeo do desfile o que mais me impressionou foi a quantidade de profissionais envolvidos, gerando emprego e movimentando a economia na cidade.

Vamos às contas impacto deste desfile na indústria da moda. Foram 100 looks no total, sem troca de roupa – ou seja, foram contratadas 100 modelos, o que é bastante. Nas gôndolas, eram centenas de marinheiros remando e conduzindo todos até a Piazza San Marco. Nos bastidores, ainda temos centenas de profissionais que montaram o evento e que participaram da preparação do desfile, como cabeleireiros e maquiadoras (profissionais que sofreram muito economicamente na pandemia). Fora todos os profissionais, entre cozinheiros, chefs, garçons e maîtres, envolvidos no jantar servido após a apresentação. Além do mais, basta ver as roupas para imaginar as centenas de bordadeiras, costureiras e modelistas que trabalharam para produzir todos aqueles vestidos. Foi corajoso realizar o desfile, os estilistas certamente tinham consciência de que muitos aplaudiriam e outros tantos criticariam. É aquele velho ditado: falem mal, mas falem de mim. E nisso Domenico e Stefano acertaram em cheio.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.