Imagem Blog

Dra. Danielle Negri

Por Danielle Negri, pediatra especializada em neonatologia formada pela Universidade Federal Fluminense
Saúde
Continua após publicidade

Engasgos em crianças: uma ameaça silenciosa durante viagens

Mais de 94% dos casos de asfixia por engasgo ocorrem em menores de sete anos

Por Danielle Negri
19 jan 2024, 15h14

Os perigos ocultos do engasgo infantil são uma preocupação constante para pais durante viagens. As crianças, muitas vezes curiosas e exploradoras, podem se deparar com alimentos mal mastigados ou objetos pequenos, resultando em situações de emergência. Segundo dados do Ministério da Saúde, mais de 94% dos casos de asfixia por engasgo ocorrem em crianças menores de sete anos.

Durante viagens, é crucial que os pais estejam cientes dos alimentos oferecidos às crianças. Alimentos duros, pequenos ou de difícil mastigação podem representar riscos significativos, aumentando a probabilidade de engasgos.

Ao detectar este episódio, a reação rápida é vital. O primeiro passo é manter a calma para transmitir segurança à criança. Evitar a tentativa de remoção do objeto manualmente é essencial para não agravar a situação. Em seguida, encoraje a criança a tossir, pois isso pode ajudar a expelir o objeto. Se a tosse não for eficaz e a criança apresentar sinais de sufocamento, é fundamental agir rapidamente.

A manobra de Heimlich é uma técnica de primeiros socorros eficaz para casos de engasgo grave. Posicione-se atrás da criança, aplique pressão rápida e firme na parte inferior do peito, impulsionando o objeto para fora das vias aéreas.

Continua após a publicidade

Em situações de emergência durante viagens, acionar serviços médicos locais é fundamental. Esteja ciente dos serviços de emergência disponíveis no destino, facilitando uma resposta rápida em caso de necessidade.

Conscientizar os pais sobre os perigos do engasgo durante viagens e equipá-los com conhecimentos básicos de primeiros socorros pode ser a linha de defesa mais eficaz. A prevenção e a preparação são aliadas essenciais para garantir a segurança das crianças diante dessa ameaça silenciosa.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.