Imagem Blog

Dra. Danielle Negri

Por Danielle Negri, pediatra especializada em neonatologia formada pela Universidade Federal Fluminense
Saúde
Continua após publicidade

Como ensinar as crianças a serem empáticas?

Descubra 5 formas de desenvolver essa capacidade emocional na infância

Por Danielle Negri
Atualizado em 22 mar 2024, 17h29 - Publicado em 22 mar 2024, 17h28

A empatia é uma habilidade crucial que pode ser cultivada desde a infância. Os pais desempenham um papel fundamental no desenvolvimento dessa capacidade em seus filhos, ajudando-os a entender e se conectar com as emoções de outros seres.

Destaquei 5 dicas para te ajudar a desenvolver esse sentimento com os pequenos:

Modelagem Comportamental: os pais podem ser modelos de empatia ao demonstrar compaixão e consideração em suas interações diárias. Mostrar atitudes em situações cotidianas, como consolar um amigo triste ou ajudar alguém em dificuldade, ensina às crianças a importância de se colocar no lugar do próximo.

Comunicação Aberta: incentivar a comunicação aberta em casa é essencial para o desenvolvimento da empatia. Os responsáveis podem criar um ambiente onde os filhos se sintam à vontade para expressar suas emoções, pensamentos, e para ouvir atentamente os sentimentos dos outros.

Prática da Escuta Ativa: ensinar as crianças a praticar a escuta ativa é uma maneira poderosa de promover a empatia. Isso envolve prestar atenção total ao que a outra pessoa está dizendo, fazer perguntas para entender melhor seus sentimentos e responder com compreensão.

Continua após a publicidade

Experiências de Voluntariado: envolvimento em atividades de voluntariado podem ampliar a compreensão das crianças sobre as necessidades do mundo e incentivar atitudes empáticas. Participar de projetos comunitários ou ajudar pessoas menos favorecidas pode inspirar um senso de responsabilidade e empatia nas crianças.

Resolução Pacífica de Conflitos: ensinar habilidades de resolução de conflitos de forma pacífica e empática é essencial para promover relacionamentos saudáveis. As famílias podem ensinar seus filhos a considerar os demais sentimentos ao lidar com desentendimentos e a buscar soluções que beneficiem a todos.

Ao adotar essas práticas, os pais podem desempenhar um papel significativo no desenvolvimento da empatia em seus filhos, preparando-os para serem membros compassivos da sociedade.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.