Imagem Blog

CASACOR Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Tendências de decoração, arquitetura, design e paisagismo com curadoria
Continua após publicidade

A arte está em toda parte na CASACOR Rio 2023!

Obras de jovens talentos e artistas consagrados levam ainda mais charme aos 44 ambientes da mostra carioca. Conheça os curadores das artes desta edição

Por Casa_Cor Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
29 set 2023, 18h20

De jovens talentos a nomes consagrados, a arte está por toda a parte nos 44 ambientes da CASACOR Rio 2023. E, nesta semana em que acontece na cidade a 13ª edição da ArtRio, nada melhor do que visitar a mostra carioca com um olhar especial para os artistas escolhidos pelo nosso elenco de arquitetos, designers de interiores e paisagistas para compor seus espaços.

CASACOR Rio de Janeiro 2023.
Patrícia Marinho e Manuèle Colas – Sala de Encontros. Projeto da CASACOR Rio de Janeiro 2023. (André Nazareth/CASACOR/Veja Rio)

“A CASACOR mostra a arte ambientada permitindo que o público veja o potencial daquela obra. O trabalho do artista é apresentado de forma muito bem pensada, planejada para aquele ambiente. Tanto que os artistas amam ver suas peças expostas na CASACOR Rio”, diz Patricia Quentel, sócia-diretora da mostra.

CASACOR Rio de Janeiro 2023.
Ana Veras – Pausa Pátio. Projeto da CASACOR Rio de Janeiro 2023. (André Nazareth/CASACOR/Veja Rio)

Há profissionais que fazem essa seleção das obras sozinhos ou em parceria com as galerias. Mas há também os que preferem contar com o auxílio de curadores de arte. Heloísa Amaral Peixoto, a Lolô, é pioneira nesse sentido. Faz parceria com arquitetos desde a primeira mostra carioca, em 1991. Este ano, seu olhar especialíssimo pode ser conferido em três ambientes: a Sala dos Encontros, de Patricia Marinho e Manuèle Colas; o Pausa Pátio, de Ana Veras; e o bangalô Na.Morada, de Adriana Esteves. Nos dois primeiros, destacam-se obras em mármore e pedra de Marina Ribas, peças que têm um diálogo direto com a arquitetura da casa. Já no bangalô, que tem um clima mais praiano, a opção foi por uma pintura a óleo de John Nicholson e um desenho delicado de Oscar Niemeyer.

CASACOR Rio de Janeiro 2023.
Adriana Esteves – NA.MORADA. Projeto da CASACOR Rio de Janeiro 2023. (André Nazareth/CASACOR/Veja Rio)

“A arte ajuda a trazer ainda mais conteúdo para os espaços da CASACOR, que acaba funcionando também como uma vitrine da produção contemporânea. Mas, eu pessoalmente, gosto de misturar trabalhos de diferentes momentos, promover esse diálogo entre o tempo, resgatar peças mais antigas, às vezes até de acervo, porque é o que acontece também na casa das pessoas” conta Lolô.

CASACOR Rio de Janeiro 2023.
Gisele Taranto Arquitetura – Suíte Presidencial. Projeto da CASACOR Rio de Janeiro 2023. (André Nazareth/CASACOR/Veja Rio)

Outra veterana de participações é Vanda Klabin. A curadora faz todos os anos uma dobradinha com a arquiteta Gisele Taranto. Nesta edição, a dupla afinada optou por usar na Suíte Presidencial apenas paisagens imaginárias. São obras de artistas: Vik Muniz, Gabriela Ezcurra, Gabriela Machado que trazem, de um jeito nada óbvio, a natureza tão presente no exterior da casa para o interior do ambiente.

CASACOR Rio de Janeiro 2023.
Gisele Taranto Arquitetura – Suíte Presidencial. Projeto da CASACOR Rio de Janeiro 2023. (André Nazareth/CASACOR/Veja Rio)

“Procuramos inverter a lógica da principal protagonista da Residência Brando Barbosa – a Mata Atlântica – usando paisagens imaginárias ou naturezas mortas, que funcionam como verdadeiros contrapontos visuais que se contradizem ou se complementam, agora vistas por outras lentes: a captação cromática e pictórica da natureza”, explica Vanda.

Continua após a publicidade
CASACOR Rio de Janeiro 2023.
João Panaggio – Pavilhão Deca. Projeto da CASACOR Rio de Janeiro 2023. (André Nazareth/CASACOR/Veja Rio)

Entre as curadoras, há também uma estreante na CASACOR Rio. Lurdinha Piquet trabalhou lado a lado com João Panaggio para definir as obras que ajudariam a contar a história de seu Pavilhão Deca, um espaço inspirado nas termas romanas que tem a água como elemento central.

CASACOR Rio de Janeiro 2023.
João Panaggio – Pavilhão Deca. Projeto da CASACOR Rio de Janeiro 2023. (André Nazareth/CASACOR/Veja Rio)

“Foi um trabalho que começou ainda no ano passado. A ideia foi trazer artistas que flertam com a arquitetura e cujas obras preenchem os espaços de maneira muito rica. E como tudo foi planejado com antecedência foi possível prever iluminação específica para as obras e até criar uma parede onde não havia para receber uma das peças”, conta Lurdinha.

O resultado fica evidente quando se entra no espaço. Ali, as obras de nomes como Laura Vinci, Héctor Zamora e Artur Lescher ganham o destaque de uma galeria, mas estão todas muito bem integradas à arquitetura do pavilhão.

CASACOR Rio de Janeiro 2023.
Erick Figueira de Mello – Jardim de inverno. Projeto da CASACOR Rio de Janeiro 2023. (André Nazareth/CASACOR/Veja Rio)

Quem também estreou este ano foi Christiane Laclau, que fez a curadoria de arte para o Jardim de Inverno, de Erick Figueira de Mello. Ali, foram selecionadas esculturas de Raul Mourão, Maria Carmem Perlingeiro, Otávio Schipper e Gustavo Prado e um quadro de Ricardo Alcaide.

“Como o ambiente tem muitas influências étnicas da África do Norte e Subsaariana, quisemos quebrar com obras geométricas, em sua grande maioria, que dialogam com o concretismo e o neoconcretismo” diz Laclau.

Continua após a publicidade
CASACOR Rio de Janeiro 2023.
Erick Figueira de Mello – Jardim de inverno. Projeto da CASACOR Rio de Janeiro 2023. (André Nazareth/CASACOR/Veja Rio)

A CASACOR Rio 2023 acontece mais uma vez na Residência Brando Barbosa, que, nesta edição, foi transformada em hotel boutique com 44 ambientes decorados por alguns dos mais renomados profissionais de arquitetura, design de interiores e paisagismo.

A mostra pode ser visitada até 15 de outubro, de terça a sábado, das 12h às 21h, e domingos, das 10h às 20h.
Ingressos à venda no local ou pelo site https://appcasacor.com.br/events/rio-de-janeiro-2023.

Serviço – CASACOR Rio de Janeiro 2023

Onde: Rua Lopes Quintas, 497. Jardim Botânico – Rio de Janeiro (RJ)

Quando: de 15 de agosto a 15 de outubro de 2023
Horário de funcionamento:  terça a sábado, das 12h às 21h (inclusive feriados). Domingos, das 10h às 20h

Bilheteria digital:

https://appcasacor.com.br/events/rio-de-janeiro-2023

Continua após a publicidade

Valores totais dos ingressos:

Ingresso inteiro: R$ 90,00

Meia entrada: R$ 45,00

Crianças até 10 anos não pagam. Idosos acima de 60 anos, estudantes com carteira oficial, deficientes (e um acompanhante) e professores das redes pública e privada (desde que apresentem documento válido com foto) pagam meia entrada.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.