Bruno Chateaubriand

Por Bruno Chateaubriand, jornalista Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Continua após publicidade

Eduardo Paes convida Andrea Bocelli para cantar na Praia de Copacabana

O tenor, é claro, aceitou o convite imediatamente. O prefeito já havia anunciado que traria mais shows internacionais à cidade

Por Bruno Chateaubriand Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 20 Maio 2024, 18h20 - Publicado em 20 Maio 2024, 17h25
  • Seguir materia Seguindo materia
  • O tenor italiano Andrea Bocelli levou a plateia – lotada, aliás – de show exclusivo no hotel Fairmont, na noite deste domingo (19).

    Publicidade

    No repertório da apresentação, com palco debruçado sobre o Posto 6, em Copacabana, estiveram clássicos como Con Te Partirò, Caruso e Funiculì Funiculà.

    Publicidade

    O espetáculo comemorou 30 anos de carreira do artista e contou com a participação de Matteo Bocelli, filho do artista, que se apresentou no Brasil pela primeira vez, além da violinista americana Caroline Campbell e do maestro e pianista Carlo Bernini.

    Só assistiu ao recital quem adquiriu um pacote com no mínimo duas noites de hospedagem, entre os dias 18 e 20 de maio, com opções de seis categorias de quarto a partir de 50 000 reais. O pacote incluía jantares elaborados pelo chef Jerôme Dardillac e sua equipe.

    Publicidade
    Continua após a publicidade

    O hotel estava lotado de turistas de diferentes partes do Brasil, todos eles de altíssimo padrão, obviamente. A iniciativa do Fairmont ajuda a incentivar o turismo na cidade que, fora da alta temporada, trouxe movimento em diferentes pontos turísticos e de entretenimento do Rio, movimentando o setor de bens e serviços da cidade.

    A programação fez com que os cariocas recordassem que, em janeiro de 1980, naquele mesmo lugar o inesquecível Frank Sinatra fez uma série de shows também para um seleto público. À época o hotel se chamava Rio Palace.

    Publicidade

    Entre a lista de convidados estava o prefeito Eduardo Paes, que, minutos antes do show, entregou a chave da cidade ao artista e o convidou para realizar um show na praia de Copacabana gratuito, para toda a população. O efeito Madonna é real.

    Continua após a publicidade
    eduardo-paes-andrea-bocelli
    Andrea Bocelli e Eduardo Paes: a chave da cidade e o compromisso de voltar para um show em Copacabana (./Divulgação)

    O tenor, é claro, aceitou o convite imediatamente. Agora, as questões contratuais serão encaminhadas para que o show se torne uma realidade.

    Publicidade

    No dia seguinte ao show da Madonna, realizado em 4 de maio, Paes já havia anunciado que maio se tornaria o mês oficial de grandes shows nas areias de Copacabana. O convite a Bocelli mostra que a promessa está viva.

    Continua após a publicidade

    Que venha o espetáculo!

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Essa é uma matéria fechada para assinantes.
    Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

    Domine o fato. Confie na fonte.
    10 grandes marcas em uma única assinatura digital
    Impressa + Digital no App
    Impressa + Digital
    Impressa + Digital no App

    Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

    Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
    *Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

    a partir de 49,90/mês

    PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
    Fechar

    Não vá embora sem ler essa matéria!
    Assista um anúncio e leia grátis
    CLIQUE AQUI.