Imagem Blog

Beira-Mar

Por Blog
Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro
Continua após publicidade

Rogéria lança biografia repleta de polêmicas e dá sua opinião sobre casamento gay e mudança de sexo

Nascida Astolfo Pinto, Rogéria diz que sua alma foi sempre feminina — “De mulher rica! Nunca fui vulgar nem boa dona de casa”, dispara. Ícone do transformismo na década de 60, a artista vai lançar um livro, aos 73 anos, para revelar curiosidades do showbiz e, é claro, de seus romances. “Eu não queria uma […]

Por Daniela Pessoa Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 25 fev 2017, 17h20 - Publicado em 22 out 2016, 00h01
Nina Lima / Agência O Globo

Foto: Nina Lima / Agência O Globo

Nascida Astolfo Pinto, Rogéria diz que sua alma foi sempre feminina — “De mulher rica! Nunca fui vulgar nem boa dona de casa”, dispara. Ícone do transformismo na década de 60, a artista vai lançar um livro, aos 73 anos, para revelar curiosidades do showbiz e, é claro, de seus romances. “Eu não queria uma biografia de bicha triste, decadente. Uso colar de pérolas verdadeiras até hoje. Sou o travesti da família brasileira, amada até pelas vovós.” Sem revelar nomes, mas dando pistas, ela descreve cenas quentes com políticos, artistas, empresários e jogadores de futebol (do Santos e da seleção brasileira de 1970). “Já esnobei o Marlon Brando”, diverte-se. Um pouquinho mais de Rogéria:

Casamento gay: “A união civil entre os homossexuais é fundamental. Já a cerimônia, a festa, é coisa de bicha maluca. Não tem a menor relevância”.

Mudança de sexo: “Nunca me arrependi de não ter feito a cirurgia. Um patrão quis me obrigar a isso, mas pedi demissão. Sou gay, não mulher”.

Continua após a publicidade

Brasil: “Estamos regredindo. Não só estão matando mais homossexuais, como estuprando mulheres. Ninguém atacava as moças quando lançaram a minissaia, na década de 60”.

LEIA MAIS NA COLUNA BEIRA-MAR DESTA SEMANA:

+ Luiza Brunet comenta volta ao Carnaval 2017 e embate com o ex-namorado na Justiça

Continua após a publicidade

+ Hugo Bonemer, primo de William Bonner, estreia como dublador da animação Trolls, nova aposta da Dreamworks

+ Larissa Manoela, a atriz de 15 anos que fatura 300 000 reais por mês, já ganhou até uma vaca (sim, o animal) de um fã

+ Manoel Thomaz Carneiro, o guru das dondocas, agora dá aulas de autoajuda também na Barra

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.