Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
As Ruas do Rio Por Blog Blog sobre as ruas do Rio de Janeiro

Saens Peña sem grades

A praça tijucana iniciou a semana com a remoção de seu cercamento A retirada das grades na Praça Saens Peña começou na segunda-feira, dia 7/11.   Houve um período no passado onde uma simples caminhada pela rua era carregada de diferentes sensações negativas. A violência que imperou na cidade no fim do século XX (e […]

Por Pedro Paulo Bastos Atualizado em 25 fev 2017, 19h32 - Publicado em 9 nov 2011, 23h07

A praça tijucana iniciou a semana com a remoção de seu cercamento

Praça Saens Peña sem grades
A retirada das grades na Praça Saens Peña começou na segunda-feira, dia 7/11.

 

Houve um período no passado onde uma simples caminhada pela rua era carregada de diferentes sensações negativas. A violência que imperou na cidade no fim do século XX (e início deste) contribuiu para muitos reflexos no espaço urbano. Um deles, o cercamento de diversas praças na cidade, como forma de deter o vandalismo e sinalizar proteção ao pedestre.

Uma delas, a Saens Peña, no bairro da Tijuca, zona norte, tem vivido décadas amargas após o fechamento de todos seus cinemas e estabelecimentos tradicionais, como o Café Palheta. A praça, outrora aprazível, virou nada mais que uma grande área livre cercada por grades pouco convidativas, que obstruem a passagem de quem transita entre as ruas Conde de Bonfim e Desembargador Isidro.

Com base no novo panorama da cidade, loteada por UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) e UOPs (Unidades de Ordem Pública), que têm favorecido a segurança pública e a redução da desordem urbana, o prefeito Eduardo Paes autorizou à secretaria de conservação que retirasse as grades que circundam hoje a Praça Saens Peña. O objetivo é, justamente, de romper um paradigma ultrapassado: praças com grades não se encaixam mais no contexto de melhorias na qualidade de vida que vêm acontecendo no Rio e que prometem perpetuar-se.

A retirada das grades foi uma reivindicação da Associação Comercial e Industrial da Tijuca (ACIT) em reunião com o prefeito Eduardo Paes, no fim de outubro deste ano. Além disso, um projeto de remodelação da praça foi entregue ao escritório Burle Marx.

Continua após a publicidade
No entanto, há controvérsias. Em reportagem do RJTV desta semana, frequentadores da praça, na sua maioria idosos, mostraram-se contrários à decisão da prefeitura. Alegam que “as grades transmitem sensação de segurança”. Já alguns moradores, em comentários feitos às reportagens do Globo Online, acreditam que o descercamento favorecerá a atuação de meliantes no centro da praça alinhado a um maior acúmulo de lixo no lago, como ocorria antes do gradeamento.

Por meio da imprensa,  foi divulgado que a próxima praça a ser discutida sobre a remoção das grades será a General Osório, em Ipanema.

 


O prefeito Eduardo Paes aposta na remoção de grades de praças da cidade como um triunfo ante a insegurança pública das décadas passadas.

Curta a página do As Ruas do Rio no Facebook!

Para contato direto, escreva para asruasdorio.contato@gmail.com

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado, com Blogs e Colunistas que são a cara da cidade.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

App Veja para celular e tablet, atualizado mensalmente com todas as edições da Veja Rio

a partir de R$ 12,90/mês