Turista é baleada em Angra após entrar por engano em comunidade

Família de ingleses, que não fala português, estava a caminho de Paraty quando se perdeu

Uma turista inglesa foi baleada com pelo menos dois tiros no abdômen na tarde deste domingo, dia 6, em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a mulher estava com o marido e três filhos na Rodovia Rio-Santos (BR-101), quando entrou, por engano, na comunidade de Água Santa, naquele município.

De acordo com informações da Agência Brasil, bandidos armados atacaram com tiros o carro em que ela e o companheiro estavam. Eles foram alvejados. A mulher foi baleada e encaminhada para o Hospital de Japuíba, também em Angra dos Reis.

A vítima passou por cirurgia e segue internada no hospital nesta segunda. O casal não fala português e se dirigia a Paraty, quando os filhos pediram para o pai fazer uma parada. Ao pedir informações, eles não entenderam as orientações e acabaram dentro da comunidade.

Outros casos

No dia 27 de fevereiro passado, em meio ao carnaval, uma turista argentina também entrou por engano em uma comunidade e foi baleada. O caso aconteceu no Morro dos Prazeres, favela no bairro de Santa Teresa, na região central do Rio.

Natália Cappetti foi atingida após o carro em que ela e mais três pessoas errou um caminho e entrou por engano no Morro dos Prazeres, onde foi alvo de tiros disparados por traficantes de drogas. Ela foi levada ao hospital Souza Aguiar, no centro, e passou por cirurgia.

No mesmo Morro dos Prazeres foi morto, em dezembro de 2016, o turista italiano Roberto Bardella, de 52 anos. Ele estava com o primo, também italiano, Rino Polato, de 59, que não sofreu ferimentos. Os dois seguiam para a zona sul em duas motocicletas e também erraram um caminho, entrando por engano na favela. Bardella, que tinha uma câmera presa ao capacete e ia na frente, foi atingido e morreu.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s