Três taxistas são mortos no Rio após irem a baile funk em Ipanema

Polícia ainda não descobriu em que circunstâncias taxistas foram mortos

pavão Pavãozinho

 (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Três taxistas foram encontrados mortos entre a madrugada e a manhã de domingo, 22, no Rio de Janeiro. Segundo a polícia, eles eram amigos e na noite do sábado, 21, foram juntos a um baile funk na favela Pavão-Pavãozinho, em Ipanema, na zona sul do Rio. Antes, estiveram em um bar na região.

Márcio Azevedo dos Santos, de 34 anos, Fúlvio da Cruz Dias, de 41 anos, e Diego Ansel de Oliveira Teotônio, de 27 anos, saíram do baile funk durante a madrugada e não foram mais vistos com vida. Até a publicação desta reportagem, a polícia não havia descoberto em que circunstâncias eles foram mortos.

Santos e Dias foram encontrados no táxi de Dias, abandonado na Rua Zamenhof, na esquina com a Hadock Lobo, no Estácio, bairro da região central. Não havia marcas de tiros no veículo.

O corpo de Teotônio foi encontrado no porta-malas do próprio veículo, estacionado na esquina da rua Bolivar e Leopoldo Miguez, em Copacabana, na zona sul. Imagens de câmeras de segurança mostram quando um homem estacionou o veículo e saiu. Essa pessoa não havia sido identificada até a manhã desta segunda-feira, 23.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Pra quem acredita em papai noel é uma boa versão.