Rio e SP são as cidades que mais encareceram no mundo, diz estudo

As duas capitais ganharam 27 e 29 posições, respectivamente, passando para 86º e 76º lugares entre 132 cidades

De acordo com o relatório ‘Custo de Vida no Mundo’ 2017, divulgado nesta terça (21), as duas capitais brasileiras ganharam 27 e 29 posições, respectivamente, passando para 86º e 76º lugares entre 132 cidades do mundo.

Elaborado duas vezes ao ano pela Economist Intelligence Unit (EIU), instituição independente de pesquisa e análise, ligada à revista britânica The Economist, o ranking leva em consideração uma combinação de fatores. Entre eles, as flutuações nos preços das commodities e do petróleo, a alta da inflação e valorização do real foram decisivos para tornarem Rio de Janeiro e São Paulo mais caros para se viver.

“As duas cidades, portanto, foram as que mais subiram no ranking do custo de vida, avançando 29 e 27 posições, respectivamente. Ambas passaram por uma montanha-russa nos últimos anos em termos de custo de vida”, aponta o relatório.

Pelo quarto ano consecutivo, Cingapura permaneceu na liderança do ranking como a cidade mais cara para se viver, seguida por Hong Kong (China), Zurique (Suíça), Tóquio (Japão), Osaka (Japão), Seul (Coreia do Sul), Genebra (Suíça), Paris (França), Nova York (Estados Unidos) e Copenhague (Dinamarca).

“Apesar de liderar o ranking, Cingapura ainda apresenta uma boa relação de custo/benefício em algumas categorias, especialmente comparadas com outras cidades da região. Para categorias como higiene pessoal, bens domésticos e trabalho doméstico, Cingapura permanece mais barata do que suas rivais, embora continue sendo a mais cara no mundo para comprar e manter um carro, além do segundo destino mais caro para comprar roupas”, informa o levantamento.

Na outra ponta, as cidades mais baratas para se viver são: Nova Déli (Índia), Bucareste (Romênia), Kiev (Ucrânia), Mumbai (Índia), Chennai (Índia), Argel (Argélia), Karachi (Paquistão), Bangalore (Índia) e Lagos (Nigéria). Almaty, no Cazaquistão, ficou na lanterna.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s