Rede D’Or é proibida de cobrar taxa de pernoite de acompanhantes

A empresa, que cobrava R$126 pelo serviço, terá que indenizar os clientes

A Justiça proibiu os hospitais e casas de saúde da Rede D’Or de cobrar taxa de pernoite de acompanhantes de pacientes. As unidades, que exigiam o pagamento de R$126 pelo serviço, serão obrigadas a indenizar os consumidores. Caso descumpra a medida, a empresa deve pagar multa diária de R$20 mil. A decisão da Primeira Vara Empresarial foi tomada após o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) questionar a prática.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s