Publicitário Francisco de Assis Neto é preso no Rio

Conhecido como "Kiko", ele foi citado na lista apontada pelos doleiros de Sérgio Cabral

Considerado o último foragido da Operação Eficiência, que investiga o esquema de lavagem de dinheiro e recebimento de propinas liderado pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral, o publicitário Francisco de Assis Neto, conhecido como Kiko, foi preso nesta sexta (3) ao desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim. Francisco, que é ex-assessor de comunicação do governo Cabral, foi levado para a sede da Polícia Federal, na Zona Portuária.

O publicitário foi citado na lista apontada pelos doleiros de Sérgio Cabral. O Ministério Público Federal (MPF) aponta que ele recebeu R$ 7,7 milhões, em espécie, em repasses ilegais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s