Programa Segurança Presente pode acabar no Rio

Segundo a Fecomércio, as conversas para que o programa continue ainda não começaram

O programa Segurança Presente está ameaçado. A operação, que é uma iniciativa do Governo do Estado e da Prefeitura do Rio em parceria com a Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio),  vive uma incerteza.

Segundo a Fecomércio, as conversas para que o programa continue ainda não começaram, mas está aberta a negociação. Até agora a renovação das operações do Méier, do Aterro e da Lagoa, que são parcerias com o governo, e também do contrato do Centro Presente, assinado com a prefeitura, não está garantida.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s