Procon-RJ autua onze supermercados nas zonas Norte e Oeste

Um dos estabelecimentos teve parte da padaria interditada pela presença de baratas

Realizada nesta quinta (7), uma nova etapa da Operação Secos e Molhados, do Procon_RJ, autuou onze entre doze supermercados fiscalizados nas zonas Norte e Oeste da cidade. Os fiscais precisaram interditar parte da padaria de uma filial dos Supermercados Extra, a da Rua José Higino, 115, Tijuca. Na área onde é feito o pincelamento dos pães, foram encontradas baratas e um ralo aberto. O órgão determinou ao estabelecimento o reforço imediato da dedetização.

Foram descartados, no total, 7kg e 40g de alimentos impróprios para o consumo. Em uma filial do SuperPrix (Rua Conde de Bonfim, 812, Tijuca), por exemplo, os fiscais encontraram 750g de azeitona verde com duas etiquetas de vencimento diferentes.

Quase todos estabelecimentos vistoriados apresentaram problemas estruturais. No Prezunic da Avenida das Américas, 16.100, Recreio, por exemplo, o chão da câmara de congelados estava descascado e os pallets (apoios para caixas) eram de madeira, quando a legislação determina que sejam de material lavável.

A filial dos Supermercados Mundial da Avenida Érico Veríssimo, 918, Barra da Tijuca, foi o único estabelecimento fiscalizado no qual não foram encontradas irregularidades.

Balanço da Operação Secos e Molhados:

1 – Supermercados Guanabara (Rua Almirante Cochrane, 146, Tijuca): Ponto de ferrugem na prateleira das câmaras de congelados e de laticínios. 990g de carne previamente moída. 630g de linguiça para churrasco vencida. Produtos sem especificação da validade: 1kg de linguiça calabresa e 800g de fígado bovino. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para a realização dos reparos.

2 – Supermercados Pão de Açúcar (Rua Doutor Satamini, 164, Tijuca): 1kg e 230g de bife de chorizo vencido. Piso quebrado na entrada da câmara de perecíveis. Ausência dos certificados do Corpo de Bombeiros e de potabilidade da água, do cartaz do Livro de Reclamações, de uma balança de precisão para o uso dos consumidores e do cartaz do Disque 180 (denúncias de violência contra a mulher). Ausência de caixa adaptado para cadeirantes com largura mínima de 90cm.

3 – Prezunic (Avenida das Américas, 16.100, Recreio): Câmara de preparo do açougue com o chão rugoso. Pallets de madeira e chão descascado na câmara de congelados. Chão com buracos, ferrugem no rodapé e pallets de madeira na câmara de iogurtes. Ralo destampado e sem tela de proteção na área de manipulação de frutas, legumes e verduras. Chão rugoso e revestimento de metal da pilastra soltando na câmara de laticínios. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para a realização dos reparos.

4 – Extra (Rua José Higino, 115, Tijuca): 400ml de leite sem especificação da validade. Foram encontradas baratas e um ralo aberto na área de pintura de pães, que foi interditada. Os fiscais determinaram o reforço imediato na dedetização e o reparo do ralo e a respectiva comprovação para que o local seja liberado. Porta com a borracha de vedação solta na câmara frigorífica de carnes e aves. Ausência dos cartazes do Livro de Reclamações, do Disque 180, do 151 e do que proíbe a venda de bebidas alcoólicas para menores de idade.

5 – Supermercados Mundial (Praça Desembargador Araújo Jorge, 70/96, Barra da Tijuca): Estantes com prateleiras de madeira nas câmaras frias de hortifruti, congelados e laticínios. Nesta última, foi constatada a presença de mofo nas prateleiras. Piso e rodapé quebrados na área de manipulação de carnes. Acúmulo de água no piso da câmara de laticínios em virtude da existência de goteiras no sistema de refrigeração. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para a realização dos reparos.

6 – Supermercado Pão de Açúcar (Avenida das Américas, 19.019, loja 108, Recreio): Proteção do dreno e rodapé do painel isotérmico soltando na câmara de peixe. Lixeira sem tampa na área de manipulação de peixe. Ralo sem tela na entrada da antecâmara de frutas, legumes e verduras. Borracha de vedação soltando na porta da câmara de frutas, legumes e verduras. Duto de ar da câmara de resfriados com ferrugem. Câmara de bacalhau com ralo sem tela e ferrugem no rodapé. Câmara de congelados com ferrugem em pilastra. Câmara de laticínios com prateleiras enferrujadas. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para a realização dos reparos. 1kg e 240g de lombo suíno fatiado vencido. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Livro de Reclamações não autenticado. Divergência de preço entre a gôndola e o caixa: suco de uva era anunciado por R$ 15,90 na prateleira e o preço no caixa era de R$ 17,90.

7 – Prezunic (Avenida das Américas, 13.850, Recreio): Piso rugoso na câmara de congelados. Piso de cimento quebrado e com rugosidade na entrada da câmara de congelados de laticínios. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para a realização dos reparos.

8 – Supermarket (Avenida das Américas, 14.041, Recreio): Na câmara de congelados, caixas de alimentos depositadas sobre papelão diretamente no chão. Os fiscais determinaram a retirada imediata. Câmara de salgados e frutas, legumes e verduras com piso rugoso e prateleiras enferrujadas e com papelão. Lixeira com pedal quebrado na área de preparo de frutas, legumes e verduras. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para a realização dos reparos.

9 – SuperPrix (Rua Conde de Bonfim, 812, Tijuca): Na área de manipulação de frios havia bandejas com etiqueta de manipulação datada de 6 de junho, mas o mesmo produto pesado hoje entraria com data de manipulação de hoje, levando informação errada ao consumidor. Ausência de caixa adaptado para cadeirantes com largura mínima de 90cm. 750g de azeitona verde com duas etiquetas de validade, uma delas com data de 5 de junho. Ausência de uma balança de precisão para uso por parte do consumidor. Ausência dos cartazes do Disque 180 e do que informa sobre a proibição da venda de bebidas alcoólicas para menores de idade.

10 – Supermercados Zona Sul (Avenida das Américas, 16.237, Recreio): Câmara de laticínios com prateleiras enferrujadas. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para o reparo. Certificado de potabilidade da água vencido. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência de uma balança de precisão para uso por parte do consumidor.

11 – Supermercados Mundial (Avenida das Américas, 13.701, Recreio): Ralo não sifonado e sem tela de proteção e lixeira com pedal quebrado na sala de preparo de laticínios. Ralo não sifonado e sem tela de proteção na área de peixaria e na sala de preparo de tortas. Batente da porta da câmara fria de queijos quebrada e com mofo. Batente quebrado e com presença de ferrugem no rodapé da câmara fria de preparo da confeitaria. Câmara de carnes com chão rugoso. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para os reparos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Por isso faz se necessário a Manutenção das Câmaras Frias. Se algum empresário quiser nos conhecer acesse o nosso site frigusrefrigeracao.com.br e conheça os nossos serviços, tanto para manutenção quanto para a montagem da câmara frigorífica de resfriado ou de congelados.