Polícia faz operação para combater falsificações

Os agentes prenderam várias pessoas e encontraram diversos artigos que utilizavam de forma irregular as marcas da olimpíada

Agentes da Polícia Civil, da D elegacia de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial apreenderam no comércio do Saara e no Camelódromo da Uruguaiana diversos objetos que utilizavam imagens relativas à Olimpíada produzidas sem autorização.  Doze pessoas foram detidas enquadradas na lei de uso indevido de símbolos olímpicos, oito por violar direitos autorais e duas por cometer crime contra a propriedade industrial.

+ Decisão suspende cadeira cativa no Maracanã

Entre os artigos apreendidos estavam camisetas, toalhas e enfeites para festas infantis que tinham como tema elementos da Rio 2016. Os agentes ainda encontraram brinquedos, capas para celulares e artigos do vestuário exibindo imagens de personagens infantis; discos compactos graváveis ostentando títulos musicais, de filmes e jogos para videogame; assim como roupas e acessórios ostentando marcas conhecidas e caras.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s