Operação cumpre mandados de prisão contra agressores de mulheres

Em comemoração aos 11 anos da Lei Maria da Penha, secretaria lança campanha para conscientizar a população sobre violência doméstica

Policiais das 14 delegacias especiais de Atendimento à Mulher (Deams) do Rio de Janeiro fazem uma operação na manhã de desta segunda-feira (7) para reprimir a violência contra a mulher. Os policiais cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão contra suspeitos de infringir a Lei Maria da Penha.

Segundo a Polícia Civil, até as 9h de hoje, seis pessoas já tinham sido presas na operação chamada “Comigo não, violão”. A ação foi desencadeada em homenagem aos 11 anos da Lei Maria da Penha.

Também em comemoração aos 11 anos da lei, a Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres e Idosos do Rio está lançando a campanha “Ele(a) dizia que me amava”, que expõe diversos tipos de violência contra a mulher sob a justificativa do “amor.”

Na campanha, serão divulgados vídeos educativos em televisores nos ônibus do Rio. A unidade móvel de atendimento à mulher da Secretaria, chamada de Ônibus Lilás, também prestará assistência social, jurídica e psicológica às mulheres, duas vezes por mês, no Terminal BRT Alvorada, na Barra da Tijuca, a partir de hoje.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s