OAB analisa pedido de impeachment de Pezão nesta quinta (4)

Para caso ir à Justiça é preciso a aprovação de 41 dos 80 conselheiros que têm direito a voto

A Ordem dos Advogados do Brasil do Estado do Rio de Janeiro (OAB/RJ) dará continuidade ao debate sobre a situação de calamidade fianceira enfrentada pelo estado e o possível impeachment do governador Luiz Fernando Pezão nesta quinta (4).

Em 18 de abril, após a manifestação de alguns conselheiros em favor do impedimento do governador, o parecer foi encaminhado à Comissão de Direito Constitucional do órgão. No entanto, para levar o caso à Justiça, o Conselho precisa da aprovação de 41 dos 80 conselheiros que têm direito a voto.

Em fevereiro deste ano, O PSOL protocolou um pedido de impeachment contra Pezão. A razão principal do pedido foi o descumprimento do valor mínimo de 12% da arrecadação total de impostos que o governo estadual deve destinar à Saúde. Na ocasião, o relatório fiscal de 2016, publicado no Diário Oficial do estado, mostrou que esse percentual ficou abaixo do obrigatório, em 10,35%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s