Lava Jato fornece R$ 1,1 milhão para Polícia Civil investir em perícia

Dinheiro de delatores foi liberado pelo juiz Marcelo Bretas

Marcelo Bretas, juiz da 7ª Vara Federal Criminal, determinou que R$ 1,1 milhão recuperados pela operação Lava Jato no Rio fossem destinados à Polícia Civil. De acordo com o órgão, o dinheiro será investido na área de perícia técnica.

Substâncias como luminol (usado na identificação de sangue oculto) e PSA (que revela manchas de esperma) são alguns dos itens a serem comprados. A previsão do Gabinete da Intervenção Federal é de que eles já estejam à disposição dos agentes em julho. Além desses produtos, está prevista também a aquisição de kits para exames de DNA e instrumentos para localização de impressões digitais, como pó e pincel.

“A polícia técnica é uma área fundamental para garantir a qualidade das investigações da Polícia Civil”, comentou o interventor Braga Netto, que agradeceu a doação oriunda de contas de pessoas que fizeram delação premiada. Hoje, há 22 mil laudos pendentes no Instituto Médico Legal e 10 mil no Instituto de Criminalística Carlos Éboli por conta da falta de material adequado para esclarecimento.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s