Iphan não tem respostas sobre peças roubadas da capela Sant’Anna

As peças entraram na lista de bens culturais procurados

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) informou na quarta (8) que ainda não sabe o destino das peças roubadas da Capela de Sant’Anna, na Fazenda Colubandê, São Gonçalo. No fim de janeiro, o Iphan e o Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) notaram o desaparecimento das estruturas de madeira que compunham o templo religioso.

Foram levadas as talhas douradas do altar, além de outros materiais, incluindo portas do local. No entanto, ainda não se sabe a data exata do furto. A capela foi desativada há cinco anos e não conta com a presença de seguranças. A 74ª DP (Alcântara) investiga o crime.

As peças entraram na lista de bens culturais procurados. A polícia pede aos que tiveram informações sobre o material e os autores do crime que entrem em contato com a Central de Atendimento ao Cidadão pelos telefones 2334-8823 e 2334-8835.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s