Homens invadem albergue e roubam turistas em Botafogo

Os criminosos ficaram cerca de meia hora no local e foram embora com os pertences das vítimas

Quatro homens, sendo um deles armado, invadiram um albergue na zona sul do Rio de Janeiro, na madrugada desta quarta (11). Eles renderam o vigilante do estabelecimento, na Rua Guilhermina Guinle, em Botafogo, e depois começaram a roubar os turistas.

+ Busto de Mário Filho é roubado do Maracanã

Os criminosos ficaram cerca de meia hora no local e foram embora com os pertences das vítimas. A Polícia Militar chegou depois da ocorrência e, segundo a assessoria de imprensa, foram feitas buscas na região para tentar localizar os suspeitos descritos pelas vítimas, mas ninguém foi encontrado.

A Polícia Civil informou que a investigação está a cargo da Delegacia de Botafogo (10a DP), que instaurou procedimento policial e está fazendo diligências para identificar e localizar os suspeitos.

Segundo dados do Instituto de Segurança Pública, em novembro de 2016 foram registrados 35 roubos em estabelecimentos comerciais na zona sul da cidade do Rio de Janeiro, 45% a mais do que em novembro de 2015, quando o número de roubos chegou a 24.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Mais um negócio que vai falir, graças a incompetência do governo do Rio na área de segurança pública. Os estados deveriam ser independentes em criar suas leis. Se fosse governador, teria pena de morte à traficante, pedófilo, latrocínio e a políticos que assaltam dinheiro público.