Helicóptero e jatinhos de luxo são compartilhados

Histórias e curiosidades sobre o Rio e seus habitantes

LUXO COMPARTILHADO

Quem acredita que os polêmicos táxis especiais do Uber são a última palavra no que diz respeito a transporte nas metrópoles deve urgentemente rever os seus conceitos. Acaba de ser lançado no Rio o Prime Fraction Club, empresa especializada em gerir a propriedade compartilhada de aeronaves de luxo, como helicópteros e jatinhos. O da foto, um Phenom, vai a Búzios em meia hora. Já um Agusta Power, helicóptero de seis passageiros, partindo de Jacarepaguá, na Zona Oeste, chegará ao Centro em doze minutos. Pelo sistema de cotas, os participantes dividem a propriedade e o uso do bem. Mas é só para quem pode: no caso dos jatos, o gasto inicial é de 2,3 milhões de reais, e ainda há as mensalidades — em uma semana, quatro empresários se cadastraram. Segundo o Anuário Brasileiro de Aviação, hoje a cidade tem uma frota de aeronaves privadas estimada em 450 helicópteros e 57 aviões executivos. O Prime está investindo 53 milhões de reais no mercado carioca.

Saudade da Guanabara


GrapetteGrapette

 (/)

No ano em que completa setenta anos de Brasil, o Grapette, marca americana agora gestada pelo grupo LovBev, muda sutilmente sua identidade visual e, além disso, investe no formato latinha. Um must nas décadas de 60 e 70, tendo chegado ao país em 1946, através da Companhia de Refrigerantes Guanabara, essa bebida com sabor de framboesa tinha (e ainda tem) como slogan uma frase clássica: “Quem bebe Grapette repete”. Outra novidade estará nas lojas no segundo semestre: o Grapette Juice, suco integral de uva e frutas vermelhas. Até o fim do ano, planeja-se aumentar em 50% os pontos de venda no Rio, com foco na Zona Sul. Aqui, um anúncio antigo e a lata atual, de 350 mililitros.

A rua dos 1 000 quartos

Ela fica na Lapa, mas não é a charmosa Evaristo da Veiga, nos Arcos, nem a Rua do Lavradio, repleta de antiquários e bares. Trata-se da acanhada Rua do Rezende, numa região menos nobre do bairro. Pois é ali que estão se instalando três novos hotéis, que fazem daqueles poucos metros de chão uma oportunidade de reservar uma suíte durante a Olimpíada, ou mesmo após as competições. Somados esses quartos a outros tantos em hotéis na mesma rua que passam por reforma, chega-se, praticamente, a 1 000 unidades. Confira abaixo.

QUARTOSQUARTOS

 (/)

36% dos jovens de comunidades

…já utilizam o aplicativo Snapchat para a troca de mensagens instantâneas de fotos e vídeos. Esse é o resultado de recente pesquisa do Instituto Pereira Passos (IPP) em parceria com o Instituto TIM, da operadora de telefonia. Foram ouvidos 6 000 jovens entre 14 e 24 anos, todos eles moradores de favelas com Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). Dispositivos criados há muito mais tempo, o Facebook e o Twitter mantêm porcentagens ainda mais expressivas: 94% e 41%, respectivamente.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s