Garotinho está preso em casa, sem tornozeleira, sob vigilância da PF

Garotinho só pode receber a visita de parentes e médicos

O ex-governador Anthony Garotinho está em prisão domiciliar sob vigilância de um agente da Polícia Federal, que passa pelo local três vezes por dia. De acordo com o advogado Fernando Fernandes, a liminar da ministra Luciana Lóssio, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), não determina o uso de tornozeleira eletrônica.

+ Sérgio Cabral cita Pezão em depoimento à Polícia Federal

Garotinho só pode receber a visita de parentes e médicos. Em 15 dias, passará por nova avaliação com cardiologista. Em liminar, a ministra Luciana Lóssio não especifica o prazo para a prisão domiciliar. O tema será decidido pelo plenário do TSE.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s