Decisão do TRE torna Eduardo Paes inelegível por oito anos

O deputado federal Pedro Paulo Carvalho (PMDB) também foi punido pela decisão. Ele e Paes terão que pagar multa de cerca de R$ 106,4 mil.

O ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (PMDB) e o deputado federal Pedro Paulo Carvalho (PMDB), que concorreu à Prefeitura no ano passado estão inelegíveis por oito anos. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (11), pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-RJ). Segundo o Órgão, que corroborou a versão da acusação de Marcelo Freixo (PSOL-RJ), o “Plano Estratégico Visão Rio 500″, contratado e custeado pelo município, foi utilizado como campanha para a candidatura de Pedro Paulo em 2016. Os dois ainda terão que pagar multa de cerca de R$ 106,4 mil.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s