Comlurb recolhe 785 toneladas de lixo durante o carnaval

Cordão do Bola Preta foi o bloco com maior quantidade de sujeira. Durante a folia, duas mil pessoas foram multadas por fazerem xixi na rua

O rastro de sujeira deixado pelos foliões nas ruas do Rio durante o Carnaval já é conhecido pelos cariocas. Durante os dias de folia,  a Comlurb recolheu 785 toneladas de lixo, sendo 624.68 nos blocos e festas de rua e 160 no Sambódromo. A Companhia trabalhou com 1,1 mil garis por dia; 5 mil contêineres, 90 sopradores, 20 vaporizadores e 50 veículos entre caminhões compactadores, caminhões-pipas, kombis lava a jato, caminhões basculantes, mini varredeiras, varredeiras mecânicas e mini basculantes.

Os blocos com a maior quantidade de lixo foram o Cordão do Bola Preta (Centro), com 28,7 t; Sargento Pimenta (Aterro do Flamengo), com 19,4 t; Bangalafumenga (Aterro do Flamengo), com 18,3 t; Monobloco (Centro), 18,3 t; Bloco da Favorita (Copacabana), com 15 t; Bloco das Poderosas (Centro), com 12,3 t; Bloco da Gold/Giro do Arar (Barra da Tijuca), com 10,2 t; e Orquestra Voadora (Aterro do Flamengo), com 8,27 t.

2 mil multados por xixi na rua

Entre a sexta-feira de Carnaval (24) e o último domingo (5), as equipes do Programa Lixo Zero aplicaram 2.615 multas, sendo 2.005 por urina e 610 por descarte irregular em lugar impróprio. A multa para quem for pego em flagrante urinando em via pública é de R$ 548, conforme o novo Artigo 103-A da Lei de Limpeza Urbana.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Sempre vejo estas reportagens após carnaval, como se vangloriassem da imundície que produzem os foliões. Tudo isso é somente o retrato do povo que temos, um bando de porcos e no fim sobra sempre para o poder público e o contribuinte. Como diz o velho ditado popular: “mamar na teta da mamãe todo mundo quer, mas segurar a caceta do papai ninguém quer”.