Coletes do Amor vestem personagens históricos no Rio

Ação chama atenção para a violência adereçando esculturas na cidade

Estátuas da Zona Sul à Zona Norte da cidade amanhecerem hoje (22) com um look diferente: o “Colete do Amor”. A peça representa um movimento contra a violência urbana que vestiu, ao todo, 28 monumentos espalhados pelo Rio, entre eles, as famosa esculturas de Carlos Drummond de Andrade, em Copacabana, e Manuel Bandeira, no Centro.

Os coletes de papelão têm escrito em vermelho a hashtag #coletedoamor e o endereço do site do movimento, que indica o download de aplicativos sobre pontos de violência como “onde fui roubado” e “onde tem tiroreio”. No espaço, fica também convite para vítimas da violência deixarem recados de amor como forma de um exercício de superação. As peças foram criadas pela Agência Somar, da ex-atleta bicampeã mundial de vôlei, Carolina Aragão. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s