Cem programas para se esbaldar na Olimpíada

As dicas cobrem todos os gostos e idades, além de destacar o melhor das casas dos países participantes na Rio 2016

AGITO

DJs nas pistas, Carnaval fora de época, música ao vivo e outras atrações: é preciso ter fôlego de atleta para enfrentar a agenda da badalação

1. Samba do Trabalhador

A famosa roda comandada por Moacyr Luz, que desde 2005 leva multidões ao Clube Renascença, no Andaraí, em plena tarde de segunda-feira — na próxima, dia 8, vai ter —, ganha três edições especiais na Barra. Cidade das Artes — Sala III (144 lugares). Avenida das Américas, 5300, Barra, ☎3325-0102. Terça (9), dias 16 e 20, a partir das 15h. Grátis.

2. Programa de carioca

Aos sábados, em torno das 13h, no meio da feira, o grupo Pixin Bodega passeia por clássicos do choro. Completam o programa canjas de músicos famosos e as caipirinhas da Barraca do Luizinho. O som vai até 15h30, 16h ou quando terminar Yaô,  de Pixinguinha, sempre a última do repertório. Rua General Glicério, s/nº, Laranjeiras. 

3. Novo Rio


Mauricio Valladares_DivulgaçãoMauricio Valladares_Divulgação

 (/)

No Parque Madureira e na Zona Portuária, o projeto Boulevard Olímpico oferece transmissão dos jogos em telões de alta definição e alentada programação de shows e festas ao ar livre. A área da Praça XV à Gamboa abriga três palcos. No principal, Encontros, na Praça Mauá, o Paralamas do Sucesso se apresenta no dia 19. Saiba mais em http://www.boulevard-olimpico.com.

4. Baile na ilha

Nome por trás de noites em eventos como Festival de Cannes e Nova York Fashion Week, a festa Provocateur ocupa a Ilha Fiscal na sexta (12), com o DJ holandês Alex Cruz, em sua primeira visita ao Brasil, brilhando no line-up. No dia 19, o agito esperado é a Celebration, com cinco atrações na pista até as 5h. Às 21h. A partir de R$ 50,00 (feminino) e R$ 70,00 (masculino). 

5. Balcão cenográfico

Um enorme bar de dois andares no coração do Porto Maravilha está entre as opções para acompanhar os Jogos. Nos intervalos das provas, a distração fica aos cuidados de festas famosas, como Baile do Zeh Pretim e I Love Rio, além da Feijoada da Berenice, animada pelo Samba de Santa Clara, e do conjunto Só Pra Contrariar. Biergarten — Centro Cultural Ação e Cidadania. Avenida Barão de Tefé, 75, Centro. A partir das 10h. Grátis antes dos eventos. R$ 40,00 a R$ 400,00 (dependendo da festa). Ingressos vendidos pelo site semhora.com.br. Até o dia 21.

6. Festa escandinava

O Pavilhão Dinamarquês oferece programação musical em seu estande na Praia de Ipanema (Posto 10). DJs da Dinamarca apresentam sets entre 15h e 17h, no projeto Sunset Sessions. Nos fins de semana, bandas tocam ao vivo entre 20h e 21h30, em torno de variados gêneros, de jazz e folk a uma certa neo nordic bossa nova.

7. Com gás

Em espaço voltado para os jovens, a Coca-Cola reúne line-up de notáveis. Todos os dias, a partir das 20h, acontecem shows na Parada Coca-Cola, que ocupa o Armazém 3 no Porto Maravilha. Entre as atrações confirmadas estão Tiago Iorc, Luan Santana, Valesca & Buchecha, MC Guimê e Ludmilla. O público deve agendar a entrada pelo site issoeouro.cocacola.com.br/shows.html.

8. Vida nova


Reginaldo Teixeira_DivulgaçãoReginaldo Teixeira_Divulgação

 (/)

O endereço da antiga boate Le Boy vai abrigar a Hidden Agenda in Rio (H.A.I.R.), com programação diária de festas, shows e performances sem hora para acabar. Preta Gil, Ludmilla e Marcelo D2 são alguns dos nomes confirmados. Rua Raul Pompeia, 102, Copacabana (Posto 6). A partir das 23h. R$ 70,00 e R$ 250,00. Compra antecipada pelo site IngressoCerto. Até o dia 21.

9. Na rua

Responsável pelo set musical ouvido no Maracanã antes e depois da cerimônia de abertura dos Jogos, Marcelinho da Lua é um dos DJs que animam o Rivalzinho, novo point da cidade, bar que espalha frequentadores e agito pela rua. A badalação em edição olímpica acontece diariamente, a partir das 19h, de terça até domingo (14) e ainda entre os dias 17 e 20. Rua Álvaro Alvim, 33, Centro, Cinelândia. ☎3593-3326. 16h/0h.

10. No salão

Sediada na Hípica, a Casa da França oferece festas com grife. Três delas ganham a chancela de conhecidos clubes da noite brasileira: Pacha, neste sábado (6), Privilège Brasil, na quinta (11), e Café de La Musique, no sábado (13). Sociedade Hípica Brasileira. Avenida Borges de Medeiros, 2448, Lagoa, ☎2156-0156. Quinta a sábado, 23h. R$ 70,00 a R$ 120,00. Ingressos vendidos no site IngressoCerto. Até o dia 20.

11. Subaquático

Em uma iniciativa da empresa de entretenimento Party Industry na Olimpíada, o clube The Beach House, na Ilha da Coroa, recebe pool parties, além da famosa FeijoaJay. The Beach House. Ilha da Coroa, 81, Barra da Tijuca. R$ 50,00 a R$ 150,00. Ingressos vendidos no site http://www.ingresse.com. Até o dia 28.

12. Craque argentino

Vindo de Buenos Aires, o prestigiado mixologista Tato Giovannoni ocupa o casarão Clubhouse com uma versão pop-up do Florería Atlântico, já eleito o melhor bar da América Latina.O funcionamento é a partir das 17h. Clubhouse Rio. Rua Saint Roman, 184, Ipanema, ☎3586-0456. 11h às 23h. R$ 100,00 revertidos para consumo.

13. No terraço

Conhecida pelos eventos que agitam seu Q.G., no Leblon, a cervejaria Jeffrey ocupa o topo do hotel Golden Tullip Regente, em Copacabana, com programação que une música e gastronomia. O espaço abriga chefs, artistas plásticos, músicos e DJs. Estão na lista a cantora Silvia Machete e uma edição da festa Manie Dansante. Rooftop Jeffrey. Avenida Atlântica, 3716, Copacabana,  ☎3545-5400. 17h/2h. Grátis. Até o dia 21.

14. Jazz na Praça

Na expectativa de atrair os turistas, as tradicionais sessões de jazz na Praça Tiradentes seguem a programação normal durante os Jogos. Quarta e sábado, a partir das 19h, o Guga Pellicciotti Trio e convidados improvisam sobre standards do jazz e da música brasileira em frente ao Bar do Nanam. Antes e depois, o som fica aos cuidados do DJ Cavalcanti. Praça Tiradentes, s/nº, Centro. 

15. Borda infinita

Hotel Fasano abre pela primeira vez para não hóspedes o cobiçado bar da piscina. A cobertura cinematográfica servirá de cenário para shows e rodas de samba. Avenida Vieira Souto, 80, Ipanema, ☎3202-4000. 21h/1h. R$ 100,00, mediante reserva. 

16. Jardim da cerveja

Apreciadores de geladas especiais vão se divertir na primeira edição do Biergarten Fans. Na Barra, em mesas compartilhadas ao ar livre, os visitantes experimentam novos rótulos e comida alemã. Espaço Ecolounge. Avenida Lucio Costa, 8060 (ao lado do Beach Point), Barra da Tijuca. 11h/23h. Grátis. Até o dia 28.

17. Bloco secreto

Um dos mais concorridos blocos do Carnaval carioca, daqueles que escondem o horário do desfile, o Amigos da Onça prepara o lançamento do seu primeiro EP em show na Lapa, com participação da cantora e atriz Lilian Waleska. Circo Voador. Rua dos Arcos, s/nº, Lapa, ☎2533-0354. Sábado (20), 22h. R$ 40,00 (2o lote).

18. One love

Um dos muitos filhos de Bob Marley, Kymani Marley solta a voz na Casa da Jamaica, no dia 20. A programação local começa às 16h com feira de turismo e a música rola a partir de 18h,aos cuidados de um DJ encarregado do esquenta. No programa, mento, ska, reggae e dancehall, entre outros gêneros da ilha. A partir das 21h, a música ao vivo divide as atenções com a transmissão das corridas do atletismo, outra paixão dos jamaicanos, exibidas em telões. Praça Santos Dumont, 31 (Restaurante Prado Grill), Gávea.  ☎2512-2247. 18h30/1h. Ingressos por email: reggaerocksrio@gmail.com. Até o dia 21.

19. Showroom

Em ação da marca carioca Farm, o belo prédio do Instituto Europeu de Design (IED) abriga gastronomia, festival de cinema, torneios esportivos, música, oficinas e gravações de programas, além de uma general store com o lançamento de produtos da grife. Avenida João Luís Alves, 13 (Instituto Europeu de Design), Urca. 10h/23h. Grátis.

20. Dias de folia

Quem já está com saudade do Carnaval vai matá-la em um grande encontro diário entre escolas de samba e blocos no Boulevard Olímpico. Portela e Cordão da Bola Preta, no sábado (13), Unidos da Tijuca e Suvaco do Cristo, no dia 18, e Mangueira e Cordão do Boitatá, no dia 21, estão entre os confirmados. Os blocos saem da torre do restaurante Albamar (atual Ancoramar) e as escolas, de perto da pira, na altura do CCBB. O encontro se dá na Praça XV, a partir das 18h.

21. Festa na floresta

No Parque da Tijuca, um discreto portão de ferro protege a Casa da Floresta, nas ruínas de uma fábrica desativada. Atrações, que vão do churrasco gaúcho do bloco Fica Comigo ao Fabrika Festival, espalhado por três pistas de dança, agitam o lugar. Estrada das Furnas, 1805, Alto da Boa Vista. Sexta a domingo. R$ 50,00 a R$ 100,00. Ingressos pelo site semhora.com.br.  Até o dia 20.

22. Point europeu

Um sucesso durante a Copa do Mundo, o Baixo Suíça volta à Lagoa com intensa programação. Para os maiores, um lounge club funciona ao pôr do sol nos domingos. As atrações incluem live painting de grafite com o artista ACME, apresentações de dança e show de Bastian Baker, conhecido como o Justin Bieber suíço. Campo de beisebol da Lagoa Rodrigo de Freitas. 11h/23h. Grátis. Até 18 de setembro.

23. Brasil pandeiro 


Arteiras Comunicação_DivulgaçãoArteiras Comunicação_Divulgação

 (/)

Preparado para os Jogos, o Rio Scenarium instalou detector de metais na entrada e dobrou o número de shows agendados. No cardápio do casarão de três andares, um dos destinos mais procurados por turistas na região, o melhor da música brasileira é servido por craques da Lapa, como a cantora Nilze Carvalho. Rua do Lavradio, 20, Centro, ☎3147-9000. 19h30/2h30.

24. Gol da  Alemanha

Depois do sucesso na Copa do Mundo com um lounge no Leme, a Alemanha ergue seu pavilhão na Praia do Leblon (na esquina das avenidas Epitácio Pessoa e Delfim Moreira). Na programação, transmissão de jogos, DJs, música ao vivo, prática de modalidades esportivas e encontro com atletas. Grátis.

25. Adrenalina

Uma estação de bungee jump, patrocinada pela fabricante de automóveis japonesa Nissan, foi instalada ao lado da Praça XV. A cada hora, seis pessoas poderão se inscrever para espencar das alturas. A atração vai até o fim dos Jogos Paralímpicos. Boulevard Olímpico. 10h às 22h. Grátis.

26. Luz e cor

Todos os dias, a partir das 22h, um espetáculo de fogos de artifício acontece atrás do Museu do Amanhã. Projeções idealizadas pelo artista Paulinho Sacramento também são realizadas entre 20h e 0h, sobre a fachada do Edifício A Noite, prédio histórico onde funcionou a antiga Rádio Nacional.

27. A festa

Durante os Jogos, acontecem duas edições especiais da festa Bailinho, um sucesso da noite carioca idealizado pelo produtor, diretor e DJ Rodrigo Penna. Bossa Nova Mall (Terraço). Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365, Parque do Flamengo. Sexta (12) e dia 19, 22h. A partir de R$ 165,00 (3º lote).

28. Palco mundo

Um espaço para 3 000 pessoas foi criado nas proximidades do Museu de Arte Moderna. Por lá passarão atrações como o projeto de música eletrônica Tropkillaz e a rapper Karol Conka. Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo,  ☎3883-5600. Sábado (13) e dia 20, 15h às 22h. R$ 120,00 (1º lote). Vendas pelo site http://www.ingresse.com.

EM FAMÍLIA

Dezoito sugestões de programa para fazer com todo mundo junto, sem restrição de idade

29. Encaixe perfeito


Ari Versiani_DivulgaçãoAri Versiani_Divulgação

 (/)

Anexo da Casa da Dinamarca, em Ipanema, a Casa Lego recebe visitantes mediante cadastramento no local. Os pequenos passam vinte minutos manipulando as famosas peças de brinquedo e são incentivados a construir modelos que representam o espírito da Rio 2016. No Porto Maravilha, uma maquete do Rio, feita com 947 000 peças de Lego, ficará em exposição durante os Jogos e depois disso será doada ao recém-reaberto Museu da Cidade. Casa Lego. Praia de Ipanema (Posto 10). 11h às 20h (para brincar); 11h às 22h (para visitar). Crianças entre 18 meses e 14 anos podem ser acompanhadas por dois responsáveis. Grátis. Até o dia 21.

30. Frida para menores


Daniela Dacorso_DivulgaçãoDaniela Dacorso_Divulgação

 (/)

Além de espaço para transmissão dos Jogos e outros eventos, a Casa México, no Museu Histórico Nacional, reserva à criançada a exposição interativa Frida e Eu, um mergulho no universo da pintora mexicana Frida Kahlo. Dividida em seis seções, a mostra apresenta com delicadeza detalhes da vida da artista, como as limitações físicas decorrentes de seu acidente, suas técnicas de criação e a rica paleta de cores e fantasia que a inspirou. Réplicas de suas obras servem de pano de fundo para fotografias. Casa México — Museu Histórico Nacional. Praça Marechal Âncora, Centro, 3299-0300. Terça a sexta, 10h/17h30; sábado, domingo e feriados, 14h/18h. R$ 8,00.Até 2 de outubro.

31. Das arábias

País-sede da Copa do Mundo de 2022, o Qatar caprichou: transformou a Casa Daros em um luxuoso palácio do Oriente Médio. A programação repleta de atrações típicas inclui pintura com henna, dança de espadas, shows e desfile de moda — uma dica é conferir os eventos no site. No sábado (13), às 19h30, haverá encenação do Garangao, festival celebrado no 14º dia do Ramadã, o mês sagrado do Islã, quando crianças se fantasiam, saem de casa cantando e batem à porta dos vizinhos atrás de doces. Sim, haverá doce. Casa Daros. Rua General Severiano, 159, Botafogo. Segunda a quinta, 18h às 22h; sexta e sábado, 15h à 0h; domingo, 15h às 22h. R$ 20,00. Ingressos vendidos pelo site http://www.baytqatar.qa.

32. Bom sujeito

Na farta programação da Casa Brasil cabem até lições de samba no pé. Aulas de dança e percussão ficam aos cuidados dos integrantes do grupo Filhos do Samba: Claudio Britto, filho do craque da batucada Ovidio Brito; Dandara Ventapane e Raoni Ventapane, netos de Martinho da Vila; e Macaco Branco, diretor de bateria da Vila Isabel. Casa Brasil – Armazém 2 do Cais do Porto. Avenida Rodrigues Alves, s/nº, Santo Cristo. Dias 22 a 25, 15h. Grátis. Senhas distribuídas a partir das 13h no estande do Banco do Brasil.

33. Frozen


Sebastian Crettaz_DivulgaçãoSebastian Crettaz_Divulgação

 (/)

Sucesso na última Copa, o Baixo Suíça tem uma pista de patinação de gelo sintético com capacidade para cinquenta pessoas. Ao ar livre, na Lagoa, também foram instalados um globo gigante com neve artificial, que rende belas selfies, trenzinho típico e pista de corrida. Baixo Suíça. Campo de beisebol da Lagoa Rodrigo de Freitas. Segunda a domingo, 11h às 23h. Grátis. Até 18 de setembro.

34. Balão mágico

Nesta ação de marketing de uma cervejaria, o Centro reformado é visto de cima. O balão sobe a até 100 metros de altura e paira sobre a Orla Conde, levando trinta passageiros. O programa tem duração de quinze minutos. A base fica em frente à Igreja da Candelária. Menores de 12 anos devem ser acompanhados de um responsável. Inscrições devem ser feitas no site oficial do Boulevard Olímpico, com limite de quatro ingressos por CPF. Vagas na hora ficam sujeitas à disponibilidade.

35. A cidade a pé

O projeto Redescobrindo o Rio ensina a história da cidade com quatro passeios guiados por ruas do Centro e do bairro do Flamengo. Com duração de três horas, o tour custa R$ 50,00 — e moradores do Rio pagam a metade. Reservas e informações, 99177-1072. 

36. Natal fora de época

Vindo da Lapônia, Papai Noel visita a Casa da Finlândia. Além do cenário natalino inconfundível, o espaço oferece oficina para toda a família sobre a cultura desse país nórdico. Casa França Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro. Sábado (13), domingo (14) e dia 20, 10h às 18h; dia 21, 10h às 16h. 

37. Pira Olímpica

Depois de passar por 329 cidades e acender a pira na cerimônia de abertura, no Maracanã, a chama olímpica ilumina uma estrutura no coração do Boulevard, no pedaço recém-inaugurado em frente ao CCBB, e servirá de ponto de encontro para os torcedores. Resultado de um projeto mantido a sete chaves pela prefeitura, o fogo simbólico ficará fora de um estádio, ao alcance do público.

38. A bordo

Nossos colonizadores inovaram: em vez de uma casa de hospitalidade, Portugal oferece uma embarcação. Depois de passar por Cabo Verde, Recife e Salvador, o Navio Escola Sagres, construído em 1937, ficará atracado na Ilha das Cobras, próximo à Praça Mauá, e aberto para visitantes até o dia 21.

39. Cartão-postal high-tec

No Pão de Açúcar, uma fabricante de eletrônicos instalou a casa onde é contada de forma interativa a história dos Jogos Olímpicos. A exibição de tecnologia da empresa inclui um simulador de basquete paralímpico e fotos com a mascote Vinicius. O ingresso é o preço da passagem do bondinho: R$ 76,00. Menores de 6 anos não pagam. 

40. De braços abertos

No antigo Hotel Paineiras, o recém-aberto Centro de Visitantes do Parque Nacional da Tijuca tem área gastronômica com vista panorâmica, loja de suvenires, bilheteria com sistema de autoatendimento para o Corcovado e a exposição interativa Floresta Protetora. Centro de Visitantes Paineiras. Estrada das Paineiras, s/nº, Jardim Paineiras,   2225-7074. 8h às 19h. Grátis.

41. Brinde com água

Visitantes da Casa da Hungria poderão conhecer a cultura daquele país, além de brincar com invenções como o Cubo Mágico (orgulho nacional, criado por Erno Rubik em 1974), em versão gigante instalada nos jardins. Outra atração, o “aquabar” oferece uma degustação dos dezesseis tipos de água existentes na Hungria. Praça Santos Dumont, 31 (Jockey Club Brasileiro), Gávea, 3534-9000. 15h às 17h. Grátis (prioridade para os 100 primeiros). Até o dia 22.

42. Monstros S.A.

No Arpoador, a porta de uma casa típica italiana dá passagem direta para a capital da Itália. Um totem permite ação interativa com a Piazza del Popolo, em Roma: podemos dar um olá ao vivo e receber um ciao de volta. 

43. Nos arredores

Cair na estrada, em uma viagem rápida, pode ser boa ideia para ocupar o tempo entre uma prova e outra. Em Niterói, o Museu de Arte Contemporânea (MAC), projeto de Oscar Niemeyer, reabriu reformado em junho. Serra acima, em Petrópolis, o tradicional Museu Imperial, um dos mais visitados do país, fez preparativos para o aumento de público.

44. Na prancha

Dois centros de hospitalidade montados para os Jogos oferecem aulas de stand-up paddle e surfe. A Casa da Holanda terá professores na Praia de Ipanema e, em sua base, no Clube Monte Líbano, formará classes de natação, futebol e vôlei. Todo o programa custa 45 euros por cabeça. A Casa da Itália não abrirá sua sede (o Clube Costa Brava) ao público, mas, por outro lado, levará aulas gratuitas de SUP e surfe ao Arpoador.

45. Um continente

Reduto de 54 delegações, a Casa da África tem, entre outros atrativos, um simulador de avião com sessenta assentos que oferece aos visitantes uma viagem em vídeo pelo continente com três minutos de duração. A cada sessão, um sorteado é convidado a entrar na cabine do piloto e assistir à manobra de pouso em uma das capitais representadas por lá. Casa da África (Casa Shopping). Avenida Ayrton Senna, 2150, Barra da Tijuca. 12h às 22h. Grátis. Até o dia 21.

GASTRONOMIA

Degustações, cardápios temáticos e outras saborosas atrações

46. Alex Atala


Tomas Rangel_DivulgaçãoTomas Rangel_Divulgação

 (/)

Na extinta Casa Daros, transformada em palácio árabe, a Casa do Qatar reproduz um mercado com especiarias típicas. Ali, o visitante prova combos criados pelo chef Alex Atala, com sanduíche, sobremesa e bebida. Um deles reúne cordeiro desfiado e molho de hortelã no pão pita, basbousa (bolo de semolina coberto de calda) e limonada. O ingresso, comprado através do site, inclui o valor do menu. Rua General Severiano, 159, Botafogo. Segunda a quinta, 18h às 22h; sexta e sábado, 15h à 0h; domingo, 15h às 22h. R$ 20,00. Ingressosno site http://www.baytqatar.qa.

47. Fornadas europeias

Na sede do Botafogo, a Casa da Áustria prepara doces típicos e fornadas de kornspitz, pão de centeio, trigo, farelo de soja, linhaça e sal. Receitas clássicas são servidas pelo chef Matthias Seidel, que faz dobradinha com Kenny Klein, eleito o barman do ano pelo guia Gault-Millaut 2016. Avenida Venceslau Brás, 72, Botafogo. 10h/23h. Grátis.

48. Chope de graça

No clima, o Inverso Bar oferece uma rodada de chope a cada medalha ganha pelo Brasil. Rua Mena Barreto, 22, Botafogo,3796-3435. Segunda a quarta, 12h à 0h; quinta, 12hà 1h; sexta, 12h às 2h; sábado, 18h à 0h.

49. Petiscos nossos

Um dos maiores pavilhões montados para a Olimpíada, a Casa Brasil oferece, além da farta programação musical, oficinas de preparo de café e degustação de chocolates, cachaça e vinho. Armazém 2 do Cais do Porto. Avenida Rodrigues Alves, s/nº, Santo Cristo. 10h/20h. Grátis. Até 18 de setembro.

50. Cozinha internacional

Food trucks, food bikes e trailers, reunidos no Rio Gourmet Experience, oferecem receitas típicas do Brasil e de todos os países participantes dos Jogos. Rio Media Center. Rua Afonso Cavalcanti, s/nº, Cidade Nova. 10h/20h. 

51. Lapa presente

Casas do Centro, da Lapa e dos arredores promovem o Circuito Triathlon Gastronômico, com petiscos, pratos e drinks exclusivos. Entre os participantes estão Adega do Pimenta,Bar do Adão e Cachaçaria Mangue Seco. Até o dia 22. 

52. Cultura latina  

Lulo, feijoa, borojó: exóticas frutas colombianas estão no cardápio da Casa da Colômbia, no belo prédio do Centro Cultural do Ministério da Saúde. A empresa colombiana Juan Valdez monta uma cafeteria para exaltar outro ícone nacional: o café. Praça Marechal Âncora, 95, Centro, 2240-8678. 10h às 20h. Grátis. Até o dia 21.

53. Nouvelle cuisine

Parte do complexo montado na Hípica, o lounge Air France terá cozinha da chef Roberta Ciasca e bar de champanhe. A place du marché será tomada por food trucks — no Rio Je T’aime, o chef bretão Olivier Cozan recebe colegas como Frédéric de Maeyer, Roland Villard e Flávia Quaresma. Sociedade Hípica Brasileira. Avenida Borges de Medeiros, 2448, Lagoa, 2156-0156. 12h/2h. R$ 20,00. Ingressos no site http://www.clubfrance.com.br. Até o dia 21. 

54. Vai uma pilsen?

Na Casa da República Tcheca, os convidados provam especialidades, a exemplo do bryndzové halušky, espécie de nhoque coberto com queijo de ovelha (halušky) e bacon. Cervejas da terra onde nasceu o estilo pilsen completam o programa. Avenida das Américas, 3434 (Centro Empresarial Mario Henrique Simonsen), Barra. Segunda a domingo, 11h à 0h. Grátis. Até o dia 21.

55. Grande hotel


Marcos Samerson_DivulgaçãoMarcos Samerson_Divulgação

 (/)

Os jardins do cinco-estrelas Hilton, perto do Parque Olímpico, abrigam um lounge de estilo carioca. No Hilton Point, das 17h às 23h, são oferecidos petiscos, como ceviche de frutos do mar e espetinhos na brasa (R$ 30,00 cada um), além de, claro, caipirinha (R$ 30,00). A trilha sonora vai da bossa nova à roda de samba dominical. Avenida Abelardo Bueno, 1430, Barra, ☎3348-1042. Entrada grátis, mediante reserva por telefone.

56. Do Leme ao Pontal


Bar Urca_prato Lars GraelBar Urca_prato Lars Grael

 (/)

Até 30 de setembro, quiosques da Orla Rio vão oferecer carta de drinques exclusiva. No cardápio, 25 coquetéis com ingredientes brasileiros, como frutas, cachaça e café. A caipirinha de limão ganha versões de cajá, cupuaçu, carambola, sapoti e graviola. Cervejas, vinhos e espumantes nacionais completam as pedidas. A carta está à disposição em quiosques de Copacabana, do Leme e da Barra, a preços entre R$ 18,00 e 29,00. Quem tiver o Passaporte Cultural Rio ganha 20% de desconto.

57. Torcida na orla

O badalado Astor vai abrir mais cedo de segunda a quinta, a partir das 12h. Acompanhando os atletas na TV, torça beliscando clássicos do cardápio, como os bolinhos de arroz (R$ 27,00, quinze unidades). O chope da Brahma (R$ 7,60) é um dos melhores da cidade. Avenida Vieira Souto, 110, Ipanema, 2523-0085.

58. Sem vertigem

O Camping Club do Brasil abriga espaço ao ar livre com food trucks e festas embaladas por DJs. O destaque é o bar suspenso com capacidade para quinze “clientes” por vez, elevado a 40 metros de altura — aproveite a vista, que a experiência dura de 10 a 15 minutos. Estrada do Pontal, 5900, Recreio,   2490-0584. 12/0h (o bar suspenso fecha às 22h). R$ 30,00 (sega qua.); R$ 40,00 (qui. a dom.). Até o dia 21.

59. Atleta cozinheiro

Medalhista olímpico e ídolo da vela, Lars Grael aventura-se por nova modalidade: a cozinha. O atleta assina o pirarucu à lars grael (R$ 39,50), ao molho de maracujá, servido com arroz de brócolis e castanhas. Uma tapioca em forma de vela finaliza o prato, em cartaz até agosto. A propósito: da casa será possível ver um tantinho das provas de vela. Bar Urca. Rua Cândido Gafree, 205, Urca, 2295-8744. 11h30/23h.

60. Braseiro com vista para o Cristo

O gastrobar Sobe recebe convidados para pilotar a churrasqueira. No sábado (13), o Vulcano Food Truck serve sanduíches de costela desfiada. No dia 20, a Pop Up Peru fará comida típica peruana. Drinques do barman William Barão completam o programa. Rua Pacheco Leão, 724 D, Jardim Botânico,☎ 3114-7691. Sábado, 14h às 18h.

61. Para todos

À beira da Lagoa, o Palaphita Kitch, com cardápio de ingredientes da Amazônia — dos drinques à sobremesa —, ganhou divertida estrutura para os pequenos, com tabela de basquete, pingue-pongue e saco de boxe, entre outras atrações. Avenida Epitácio Pessoa, s/nº (Parque do Cantagalo), quiosque 20, Lagoa, ☎2227-0837. 10h à 0h.

62. Alternativo

Cozinha da loja multimarcas Void, a House of Food recebe 24 cozinheiros de diferentes nacionalidades. Atração deste domingo (7), a nigeriana Latifah Hassan prepara, a partir das 14h, arroz jollof (com carne e banana-da-terra frita) e akara, um bolinho de feijão-fradinho com cebola apimentada, ancestral do nosso acarajé. Rua Voluntários da Pátria, 31, Botafogo, ☎3593-3326. Domingo a quarta, 11h às 2h; quinta a sábado, 11h às 4h.

NO CORAÇÃO DOS JOGOS 

Onde acompanhar as competições e viver de perto o mundo do esporte

63. História

Obras de instituições como o Museu do Vaticano e o Museu Arqueológico de Olímpia estão na cidade. Com cerca de sessenta peças, as mais antigas com 2 500 anos, a mostra Jogos da Antiguidade exibe esculturas de atletas e mosaicos que retratam cenas esportivas ancestrais. Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎3299-0600,   Cinelândia. Terça a sexta, 10h às 17h; sábado e domingo, 13h às 17h. R$ 8,00. Grátis aos domingos. Até 2 de outubro.

64. Arte sobre rodas

Duas carretas transportam a exposição gratuita, com mais de 100 peças do acervo do Comitê Olímpico Internacional (COI), do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê dos Jogos Rio 2016. Destacam-se réplicas das medalhas dos Jogos de Atenas (1896) e a carta do Barão de Coubertin, na qual os aros olímpicos aparecem pela primeira vez. Os caminhões ficam estacionados no Boulevard do Porto Maravilha e no Parque de Madureira até 18 de setembro.

65. Coleção de selos

Na exposição Celebrar, Superação e Artes,  a história das 31 edições dos Jogos Olímpicos é contada através de selos comemorativos lançados entre 1896 e 2012, pertencentes ao colecionador Roberto Gesta de Melo. Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎2253-1580. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 18 de setembro.

66. Visão contemporânea

A exposição Arte Funcional exibe obras inéditas de Felipe Barbosa. Construídas a partir de materiais esportivos, as criações investigam de forma original a relação entre arte e esporte. Destaque para Swing, peça com 24 tacos de golfe. Sergio Gonçalves Galeria. Rua do Rosário, 38, Centro, ☎2253-0923. Terça a sexta, 11h às 19h; sábado, 11h às 18h. Grátis. Até 17 de setembro. 

67. Olimpíada Naïf

Mais de 150 obras interpretam modalidades dos Jogos e países que já sediaram o evento. A mostra Jogando com as Cores reúne trinta nomes da arte naïf, entre eles Bebeth e Fábio Sombra. Museu Internacional de Arte Naïf (Mian). Rua Cosme Velho, 561, ☎2205-8612. Terça a sexta, 10h às 18h; sábado e domingo, 10h às 17h. Grátis durante os Jogos Olímpicos (6 a 21 de agosto) e Paralímpicos (7 a 18 de setembro). Até 30 de outubro.

68. Quiz etílico

No clima olímpico desde a inauguração, o bar temático All in Sports transmite as provas em doze TVs. Vencedores de jogos de perguntas e respostas ganham rodadas extras de chope, entre outras premiações. Rua Barão de Iguatemi, 288, Praça da Bandeira. Terça a sábado, 18h à 1h; domingo, 15h45 à 0h. 

69. Academia Technogym


Pedro Serra_DivulgaçãoPedro Serra_Divulgação

 (/)

Na Casa Technogym, o público encontra os equipamentos utilizados na Vila dos Atletas e pode se exercitar com eles. São quatro aulas diárias em Ipanema, no Posto 10, entre 7h e 21h. Até o dia 21. 

70. Dois telões

Assim como o FIFA Fan Fest na época da Copa do Mundo, o Live Site oferece dois pontos de encontro no Boulevard Olímpico para quem quiser assistir às competições: na Praça XVe na Praça Mauá, em frente à restaurada estátua do Barão.

71. Países baixos

Após a exibição das provas, os visitantes da Casa da Holanda poderão vivenciar um jeito típico de comemorar as conquistas, além de festejar com a presença de artistas e DJs holandeses. O preço do programa é que é um tanto salgado. Clube Monte Líbano. Avenida Borges de Medeiros, 701, Leblon. 11h à 1h. ?45,00. Ingressos no site www.hollandhousetickets.com.br.  Até o dia 21.

72. NBA

O espaço temático da liga americana de basquete espera receber 50 000 visitantes. Aguardam essa multidão mascotes, atletas e lendas da NBA. Quem for lá poderá ver de pertoo Troféu Larry O’Brien (entregue aos campeões). Desafios dão direito a brindes oficiais e prêmios exclusivos. Casa NBA. Armazém da Utopia. Avenida Rodrigues Alves, s/nº, Santo Cristo. A partir de sexta (12), 11h às 20h. Grátis. Ate o dia 21. 

73. Museu Olímpico


Alexandre Cassiano_Ag O GLOBOAlexandre Cassiano_Ag O GLOBO

 (/)

Iniciativa da Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia do Rio, as Naves do Conhecimento ganharam uma unidade temática ao lado do Engenhão. Robôs dos mascotes Tom e Vinicius recebem o público, que encontra equipamentos para simular uma corrida de 100 metros rasos, além de provas de canoagem e corrida em cadeira de rodas. No 2o andar, o museu conta a história dos Jogos de forma interativa. Rua Arquias Cordeiro, 1516, Engenho de Dentro. Terça a sábado, 9h às 21h; domingo, 9h30 às 16h30. Grátis.

74. É de graça

Para quem está sem caixa, a dica é assistir a modalidades realizadas ao ar livre. Na Lagoa, é possível ver remo e canoagem e na Baía de Guanabara acontecem as competições de vela. A maratona passa pelo Aterro do Flamengo, e da Praia de Copacabana será possível acompanhar provas de maratona aquática, triatlo e a largada do ciclismo de estrada — que passará ainda por outros bairros da Zona Sul antes de subir até a Vista Chinesa.

75. Orgulho checo

Uma escultura de 6 metros em homenagem à lenda do atletismo Emil Zátopek (1922-2000), quatro medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos, é o destaque da Casa da República Tcheca. Avenida das Américas, 3434 (Centro Empresarial Mario Henrique Simonsen), Barra da Tijuca. Segunda a domingo, 11h à 0h.

76. No frio

Sede dos Jogos de Inverno 2018, o condado sul-coreano de PyeongChang marca presença nas areias cariocas. O visitante experimenta esportes de neve, por meio de óculos de realidade virtual, e prova comida típica. Um palco exibirá demonstrações de k-pop, tae kwon do e break dance. Casa PyeongChang. Avenida Atlântica – Praia de Copacabana (Leme), quiosques ql03/ql04. Segunda a domingo, 10h às 22h. Até o dia 21.

77. Test drive

O Espaço Rio de Janeiro tem um ambiente reservado para investidores. No térreo, o grande público encontra cinema sensorial com 360 graus e exposições de moda, design e fotografia, além de experiências esportivas, como totó humano e simulações de corrida, remo olímpico, ciclismo, judô e escalada. Fábrica de Espetáculos do Theatro Municipal. Avenida Rodrigues Alves, 330/331, Praça Mauá. 10h/19h. Grátis. Até o dia 21.

CULTURA

O melhor no roteiro de exposições, teatro, música e dança, além de cinema inspirado pela Rio 2016

78. Discípulo de Portinari

Seis décadaS de trabalho do renomado artista gaúcho Carlos Scliar (1920-2001) podem ser conferidas em alentada exposição. A beleza de objetos simples é explorada em desenhos, gravuras, obras de serigrafia e grande variedade de telas. Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎3980-3815,  Carioca.→Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até o dia 21.

79. De volta às origens 


Gustavo Sosa Pinilla_DIVULGAÇÃOGustavo Sosa Pinilla_DIVULGAÇÃO

 (/)

Torcedores da Rio 2016 têm outro motivo para vibrar: Abaporu, marco do modernismo, faz nova visita ao Brasil. A tela de Tarsila do Amaral, no acervo do argentino Malba desde 1995, fica na mostra A Cor do Brasil até o fim dos Jogos, ao lado de 300 criações de nomes como Adriana Varejão, Anita Malfatti e Alfredo Volpi. Museu de Arte do Rio (MAR). Praça Mauá, 5, Centro, 3031-2741. Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 10,00. Grátis às terças e no último domingo do mês. Até 15 de janeiro de 2017. 

80. Um tesouro

O Museu de Arte Modernaé parada obrigatóriapara amantes das artes.A exposição Em Polvorosa apresenta o melhor de seu acervo. Na mostra, nomes estrangeiros como Pollock, Henri Moore e Keith Haring dividem 2 500 metros quadrados com estrelas nacionais, a exemplo de Hélio Oiticica, Waltercio Caldas e Ivens Machado. Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, 3883-5600.→ Terça a sexta, 12h às 18h; sábado e domingo, 11h às 18h. R$ 14,00. Grátis às quartas, a partir das 15h. Até 6 de novembro.

81. Rio histórico

Duzentas imagens de grandes nomes da fotografia brasileira e anônimos que registraram a cidade entre o fim do século XIX e a década de 20 compõem a mostra O Paço, a Praça e o Morro, revelador testemunho das transformações da cidade. Paço Imperial. Praça XV, 48, Centro, 2215-2093. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até o dia 28.

82. Voando baixo

Já imaginou pilotar um dos aviões criados por Santos Dumont? A experiência ganha contornos realistasna exposição O Poeta Voador, que exibe uma réplica do avião Demoisellee conta, com a ajuda da tecnologia, a história dopai da aviação. Museu do Amanhã. Praça Mauá, 1, Centro, 3812-1800. Segunda a domingo, 10h às 17h. R$ 10,00. Domingo (14) e dia 21, 15h às 20h. Vendas exclusivamente on-line na Olimpíadapelo site ingressos.museudoamanha.org.br.

83. Cliques de luxo

Um dos maioresnomes da fotografia contemporânea,o mineiro Sebastião Salgado tem sua premiada carreira revisitada em exposição exclusiva no Rio, com obras que datam dos anos 70 aos diasde hoje. Silvia Cintra+ Box 4. Rua dasAcácias, 104, Gávea, 2521-0426. Segundaa sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 3 de setembro.

84. À francesa

Quem visitar galeriasde Paris nos próximos meses verá seu acervo desfalcado: 75 obras-primas dos museus d’Orsay ede l’Orangerie compõema exposição O Triunfo da Cor, com os mestresdo pós-impressionismo Van Gogh, Cézanne e Gauguin. Dica: evite filas agendando a visita pela internet. Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, 3808-2020. Segunda a domingo,9h às 21h. Grátis. Até 17 de outubro. 

85. Quarteto  fantástico

Um elenco estelar defende a peça Os Realistas,do americano Will Eno. Emílio de Mello, Fernando Eiras, Mariana Lima eDebora Bloch, dirigidos por Guilherme Weber, vivem dois casais de vizinhos que descobrem ter muito em comum (100min). 12 anos. Teatro Maison de France (352 lugares). Avenida Presidente Antônio Carlos, 58, Centro, 2544-2533, Cinelândia. Sextae sábado, 20h; domingo, 18h. R$ 60,00 (sex.)e R$ 70,00 (sáb. e dom.). Bilheteria: 14h/19h (ter.a qui.); a partir das 14h (sex. a dom.). Até o dia 28.

86. Porta em cena

A comédia Portátil traz o humor característico do canal de humor Porta dos Fundos em um espetáculo de improviso. A plateia tem participação fundamental (70min). 12 anos. Teatro dos Quatro (402 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), 2º piso, Gávea, 2239-1095. Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 80,00. Bilheteria: 13h/21h (seg. a qui.); a partir das 13h (sex.a dom.). Até 2 de outubro.

87. Cinema sobre rodas

Bem-sucedidas produções nacionais, como O Som ao Redor, Que Horas Ela Volta? e Cinema, Aspirinas e Urubus, além de 47 curtasde temática esportiva, ganham sessões na Cinemateca do MAM, no CCBB e no Cine Joia, entre outras telas. Além disso, o Circuito Audiovisual – Brasil 2016 exibe osfilmes em um caminhão com ar-condicionado e capacidade para 200 lugares que circula pelos seguintes bairros: Engenho Novo, Penha,Padre Miguel e Praça Seca. Programação completaem http://www.memoriadoesporte.org.br.

88. “DR” no palco

Sucesso como série de TVe filme, Meu Passado Me Condena ganha o palco dirigido por Inez Viana.Fábio Porchat e Miá Mello dão vida a um casal que decide discutir a relação na noite de núpcias (70min).14 anos. Teatro dasArtes (470 lugares).Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shoppingda Gávea), 2º piso, Gávea, 2540-6004. Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 100,00. Bilheteria: 15h/20h (seg. a qui.);a partir das 15h (sex. a dom.). Até 25 de setembro.

89. Aquele Abraço

Gustavo Gasparani presta homenagem aos cinquenta anos de carreira de um ícone da MPB no musical Gilberto Gil, Aquele Abraço.Ao todo, 55 canções são executadas ao vivo pelo elenco (105min). 12 anos. Teatro Clara Nunes (435 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), 2º piso, Gávea, 2274-9696. Quinta a sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 50,00 a 120,00. Bilheteria: 15h/22h (ter.e qua.); a partir das 15h (qui. a dom.). Até o dia 21.

90. Balé atlético


Vero_Eduardo Anizelli_I2K7346_Deborah ColkerVero_Eduardo Anizelli_I2K7346_Deborah Colker

 (/)

Diretora de movimento da cerimônia de abertura da Olimpíada, Deborah Colker assina o espetáculo de dança Vero, com trechos de suas mais famosas coreografias: Rota (1995) e Velox (1997). Teatro João Caetano (1139 lugares). Praça Tiradentes, s/nº, Centro, 2332-9257. Quinta a sábado, 21h; domingo, 18h. R$ 25,00a R$ 40,00. Bilheteria: 14h/18h (seg. a qua.);a partir das 14h (qui. a dom.). Até 4 de setembro.

91. Conto de fadas

Charles Möeller e Claudio Botelho dirigem a versão brasileira de Cinderella, musical da Broadway que dá contornos atuais à história da gata borralheira. Bianca Tadini dá vida à princesa, enquanto Totia Meirelles encarna a madrasta má (120min). Livre. Teatro Bradesco (1060 lugares). Avenida das Américas, 3900, Shopping Village Mall, Barra da Tijuca, 3431-0100. Sexta, 21h; sábado, 16h e 20h; domingo, 16h. R$ 50,00a R$ 150,00. Bilheteria: 13h/19h (ter. a qui.);a partir das 13h (sex. a dom.). Até 4 de setembro.

92. Fique de olho

Por iniciativa da prefeitura, ao longo de todo o Boulevard Olímpico serão realizadas diariamente performances de artistasde rua, entre malabaristas, atores, mímicos, dançarinos e músicos. São 238 atrações. Aproveite o passeio para conferir o maior grafite do mundo:o recém-concluído painel Etnias, com 3 000metros quadrados,de Eduardo Kobra.

93. Periferia presente

A mostra Comunidade em Ação apresenta a produção teatral de grupos de favelas em apresentações no espaço da Zona Portuária criado pelo ator Marco Nanini. Galpão Gamboa (80 lugares).Rua da Gamboa, 279, Centro, 2516-5929. Sábado e domingo, 19h. Grátis. Bilheteria: a partir das 18h (sáb. e dom.).Até o dia 28.

94. Cinema e esporte

Duas mostras gratuitas no clima olímpico: o Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF) e o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) abrigam até o dia 15 o CineFoot Extraordinário, dedicado ao mundo da bola. Entre os dias 16 e 20, o CCJF apresenta o Cineesporte, que também terá sessões no Cine Joia em Jacarepaguá.

95. Histórias que dão filme

A trajetória do primeiro competidor brasileiro de badminton, Ygor Coelho, virou documentário pelas mãos de Katia Lund. Como essa, outras histórias de superação fazem parte do Festival Reimagine Rio, entre os dias 11 e 30 de agosto. Programação completa em http://www.reimaginerio.com.br.

96. Choro Carioca

Um quinteto virtuoso, Cristovão Bastos (piano), Maurício Carrilho (violão), Luciana Rabello (cavaquinho), Aquiles Moraes (trompete)e Magno Julio (percussão), passeia pela história do choro através de, entre outros, Chiquinha Gonzagae Radamés Gnattali.Casa do Choro (100 lugares). Rua da Carioca, 38, Centro, 2242-9947, Carioca. Quarta e quinta, 12h30. Estreia prometida paraquarta (10). Grátis.Até 8 de setembro.

97. Faces da Cultura

Do samba da Velha Guarda da Mangueira e de Mart’nália ao funk de Ivo Meirelles, passando pela bossa de João Donato, pelo forró de Geraldo Azevedo e pelo reggae do Afonjah, as atrações do Festival Interações na Casa Brasil mostram nossa diversidade. Casa Brasil – Armazém 2 do Cais do Porto. Avenida Rodrigues Alves, s/nº,Santo Cristo. Dias 21,23 e 24, 19h30. Grátis.

98. Invasão japonesa

A Cidade das Artes é a Casa do Japão durante os Jogos. Vem daí a programação que vai de música ao vivo a oficinade ikebana, passando por reprodução de cerimônias típicas. Em outra frente,no Paço Imperial, noCentro, confira a belamostra A Emergênciado Contemporâneo:a Vanguarda noJapão, 1950-1970.

99. Maratona musical

Até o dia 20, a Série Olímpica 2016 leva àSala Cecília Meireles shows variados de música popular, sempre às 20h.O sanfoneiro Marcelo Caldi toca na quinta (11) e no dia 20; a harpista Cristina Braga no sábado (13) e o cantor Pedro Miranda no dia 16. Livre. Sala Cecília Meireles. Largo da Lapa, 47, Centro, 2332-9223. R$ 30,00. IC.

100. Na Batucada

O projeto O Séculodo Samba, série com curadoria de Luís Filipe de Lima, celebra o gênero e suas vertentes. No sábado (13), a dupla paulistanaOs Prettos e o cariocaJoão Martins representama nova geração. Moreirada Silva é reverenciado por Jards Macalé e Pedro Luísno dia 20. As apresentações continuam durante a Paralimpíada. Livre.Casa Brasil — Cais doPorto (Armazém 2). Avenida Rodrigues Alves,s/nº, Centro. Sábado(13 e 20), 19h30. Grátis (distribuição de senhasa partir das 17h30).

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s