Cabral e Adriana Ancelmo são condenados de novo nesta terça (19)

Sentença acontece no dia em que a ex-primeira drama deixou a cadeia de Benfica para cumprir prisão domiciliar após nova decisão de Gilmar Mendes

Sérgio Cabral e sua esposa, Adriana Ancelmo, foram condenados nesta terça (19) em mais uma fase da Operação Lava-Jato. No âmbito da operação Eficiência 2, o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, sentenciou o ex-governador a mais 15 anos de prisão.

Somando todos os processos pelos quais Cabral já havia sido condenado, as penas já chegam a 87 anos de prisão considerando as ações do juiz Marcelo Bretas, no Rio, e Sérgio Moro, no Paraná.

Além de Cabral e sua mulher, também foram condenados mais 9 réus. A condenação de Adriana ocorre no mesmo dia em que ela deixou a prisão de Benfica após o ministro Gilmar Mendes decidir novamente pelo seu retorno à prisão domiciliar.

Pela Operação Calicute, Adriana já havia sido condenada em setembro a 18 anos e 3 meses de prisão pelo crime de lavagem de dinheiro e por ser beneficiária do esquema de corrupção comandado pelo marido.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s