Antonio Bernardo pede desculpas por vendas sem nota fiscal

A joalheria tentar recuperar a imagem desgastada com a prisão do ex-governador Sérgio Cabral

Assim como a Odebrecht emitiu publicamente um pedido de desculpas a sociedade por atos de corrupção, a joalheria Antonio Bernando seguiu os mesmos passos. As irregularidades da loja foram comprovadas a partir das investigações a respeito do ex-governador Sérgio Cabral, preso num dos desdobramentos da operação Lava Jato. Em texto divulgado na tarde de sexta (2). “Mais do que informar a realidade dos fatos, a marca Antonio Bernardo pede desculpas por ter causado um sentimento daquele que despertamos em quem sempre valorizou nosso trabalho”.

+ Sérgio Cabral é preso em nova etapa da Lava Jato

Estabelecida na cidade há mais de 40 anos, a marca afirma ainda que “As notas ficais referentes às vendas (aos envolvidos no esquema) já foram todas emitidas e serão recolhidos os devidos impostos. Pagaremos as multas relativas e eliminaremos nosso débito com os órgãos fazendários”. A joalheria ainda comentou o beneficio fiscal da qual teria recebido, afirmando que a determinação não foi particular à empresa, mas sim a todo o setor.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s