Clique e assine por apenas 4,90/mês

Na tela, a divertida trambiqueira

Por Carla Knoplech - Atualizado em 5 dez 2016, 16h14 - Publicado em 25 Maio 2011, 13h19

Na extensa lista de personagens com nome esquisito da novela Cordel Encantado (Zóio Furado, Benvinda, Ternurinha, Patácio, Miguezim, Quiquiqui, Virtuosa), a atriz carioca Isabel Mello dá vida a Cordata, uma trambiqueira do núcleo cômico da trama. Aos 22 anos, ela chega à televisão ansiosa, apesar do parentesco com dois cineastas da família Jabor: é irmã de Carolina e enteada de Arnaldo, de quem se diz meio distante. “Quando decidi ser atriz, a Carol ficou preocupada, mas me deu conselhos e expôs meus defeitos”, conta. Há outra estreia programada envolvendo a artista. Seu primeiro texto feito para o palco, Queda Livre, será encenado em setembro, com direção de Bernardo Jablonski. “Não vou atuar na peça, mas tenho certeza de que ficarei tensa do mesmo jeito.”

Publicidade