Clique e assine por apenas 4,90/mês

Chuveirinho de São Conrado contaminado por hepatite A é desligado

Além do chuveirinho da praia de São Conrado, três pontos de coleta de água no Vidigal testaram positivo para o vírus da doença

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 11 jan 2018, 18h00 - Publicado em 11 jan 2018, 16h55

Três pontos de coleta de água do Morro do Vidigal testaram positivo para a presença do vírus da hepatite A. As análises foram feitas pelo Laboratório de Desenvolvimento Tecnológico em Virologia da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que ainda analisou outros sete locais.

Além do Vidigal, o famoso chuveirinho da Praia de São Conrado, que ficava na altura do Sheraton Hotel, também testou positivo para a doença. O equipamento foi arrancado por determinação da Prefeitura do Rio, assim como foram fechados todos os pontos contaminados do Vidigal.

Em dezembro, das 92 notificações de casos da comunidade, 75 foram confirmadas, sendo a maioria dos infectados homens de 20 a 30 anos. Nos últimos sete anos, o local tinha registrado apenas casos esporádicos da doença.

 

Continua após a publicidade
Publicidade