Clique e assine por apenas 4,90/mês

Vazio há mais de um ano, terreno do Q.G. da Rio 2016 será vendido

A Câmara de Vereadores chegou a depositar garantias para a aquisição da área, mas terá de procurar outro endereço

Por Rafael Sento Sé - 19 jan 2018, 11h44

Uma novela envolvendo o terreno de 20 000 metros quadrados que abrigou o Q.G. da Rio 2016, na Cidade Nova, se aproxima de seu capítulo final. Em dezembro, a Previ-Rio, fundo de assistência e previdência dos servidores municipais, esvaziou a área por completo para repassá-la em definitivo ao consulado americano, que, por sua vez, desembolsou 99% do valor da negociação, estimada em 183 milhões de reais. O 1% restante será pago depois que a prefeitura construir um muro de contenção, segundo acordo firmado entre as partes. A Câmara de Vereadores, que chegou a depositar em 2015 garantias para a aquisição da área, onde pretendia construir sua nova sede, terá de procurar outro endereço.

Publicidade