Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Upcycling: arquitetos transformam móveis e acessórios que iriam ao lixo

Resultado pode ser conferido na exposição “Transformers”, que acontece no CasaShopping até 5 de junho

Por Da Redação 13 Maio 2022, 12h53

Uma porta de garagem virou biombo; uma adega passou a ser biblioteca; um extintor de incêndio agora é luminária; mesas de chá e aparador empilhados, oratório; escultura de parede, base para mesa de centro; espuma de colchão, poltrona … Arquitetos e lojistas foram desafiados a dar vida nova a cerca de 50 peças, muitas vezes antes utilitárias, em acessórios e móveis de decoração. O criativo e surpreendente resultado pode ser conferido na exposição “Transformers”, que acontece no CasaShopping até 5 de junho. A ideia é mostrar como tudo pode ser reiventados e ganhar nova função.

+ Construído nos anos 60 em Ipanema, Hotel Everest fecha e terá novo destino

“Desafiamos os arquitetos a dar uma nova função a um objeto já existente; usar da criatividade para um novo uso na decoração” explica Eduardo Machado, superintendente do CasaShopping e idealizador da Mostra.

Upcycling: arquitetos transformam móveis e acessórios que seriam descartados
Sofá-cama?: na I Wanna Sleep, Vanessa Nascimento fez da espuma de colchão uma poltrona. Casa Cor/Divulgação

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Entre os arquitetos que criaram objetos e móveis, estão Giulliany Mendes e Yan Guhle (Zirath), autores da luminária que foi extintor de incêndio; Melanie Marie Schmid (Viterbo), que idealizou o banco que um dia foi cabeceira estofada de cama; Luciana Duque (Velha Bahia), responsável pelo biombo que teve dias de porta de garagem; Nado Grimberg (Almacén Thebaldi Galeria), que tornou esculturas uma mala retrô e uma taça de vinho; Teka Mesquista (Brisa Casa), criadora do oratório a partir de um aparador e de mesas de chá empilhadas; Kava Arquitetura (Ekko Revestimentos), que fez uma mesa com sobras de revestimentos de cerâmica; Ana Espinha (Novo Clássico), que tornou sobras de madeira em mesa de centro; Ana Paula Lacerda e Vanessa Dias (Dracena Home), que fizeram uma escultura de parede virar uma mesa de centro; Andrea Carminate (Art Des Caves), que transformou a adega em biblioteca; e I Wanna Sleep (Vanessa Nascimento), da espuma de colchão que agora é poltrona.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado, com Blogs e Colunistas que são a cara da cidade.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

App Veja para celular e tablet, atualizado mensalmente com todas as edições da Veja Rio

a partir de R$ 12,90/mês