Continua após publicidade

Umbanda vira patrimônio imaterial do Rio

A partir desta terça (8), a religião se junta a outros bens imateriais da cidade como a Bossa Nova e o frescobol

Por Redação VEJA RIO
Atualizado em 5 dez 2016, 10h56 - Publicado em 8 nov 2016, 17h50

Nesta terça (8), após decreto publicado no Diário Oficial assinado pelo prefeito Eduardo Paes, a umbanda entrou para a lista de patrimônios imateriais do Rio. A religião de matriz africana, que agora passa a ser reconhecida como patrimônio cultural, se junta a outros 54 bens imateriais cariocas já chancelados, como a Bossa Nova, as escolas de samba, os blocos Cordão da Bola Preta e Cacique de Ramos, a obra literária de Machado de Assis, a Feira de São Cristóvão, os vendedores de mate e biscoitos de polvilho das praias cariocas e o frescobol.

+ Comlurb vai revitalizar 20 praças da cidade até o dia 12 de novembro

+ Trecho da ciclovia da Niemeyer que desabou está pronto, mas ainda não há previsão de reabertura

O Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH) abriu ainda um cadastro dos terreiros de umbanda da cidade para mapear os locais tradicionais onde a religião é praticada. A primeira instituição registrada foi a Tenda Espírita Vovó Maria Conga de Aruanda, no Estácio, Zona Norte.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.