Clique e assine por apenas 4,90/mês

Último debate dos candidatos à prefeitura do Rio vira festival de memes

Realizado nesta quinta (29), embate foi marcado por críticas ao atual governo de Eduardo Paes, troca de farpas entre os políticos e polêmicas

Por Jana Sampaio - Atualizado em 2 jun 2017, 11h57 - Publicado em 30 set 2016, 16h32

O último debate entre os candidatos à Prefeitura do Rio, realizado nesta quinta (29) pela Rede Globo, movimentou as redes sociais. Durante duas horas e meia, o programa foi marcado pelas críticas ao atual governo de Eduardo Paes (PMDB) e pelo embate entre Marcelo Freixo (Psol) e Pedro Paulo Carvalho (PMDB). Já nas redes o que gerou grande repercussão foram a aparência de Alessandro Molon (REDE) – inclusive em memes – e as inserções de Indio da Costa (PSD) sobre suas páginas nas redes sociais.  

+ Conheça as propostas dos principais candidatos a prefeito do Rio

Logo no início do encontro, Jandira Feghali (PcdoB) acusou a emissora de ter participado de dois golpes contra a democracia: em 1964 e em 2016, ao apoiar o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Em resposta, Ana Paula Araújo, mediadora do encontro, afirmou que, apesar de a TV Globo não ser obrigada a realizar debates, o faz em respeito à democracia.

+ Força Nacional reforça a segurança do Rio nas eleições

Jandira lembrou ainda que o candidato do PMDB foi acusado de agredir a ex-mulher, que, por sua vez, rebateu ter sido inocentado e que Jandira precisaria provar sua inocência de não ter recebido propina. Outro momento de tensão foi durante o confronto entre Freixo e Pedro Paulo, quando o candidato do Psol criticou o saneamento na cidade e disse que “quase 30% das moradias não têm tratamento no Rio”.

+ Pezão tem licença médica estendida até o fim de outubro

Candidato do PSDB no Rio, Carlos Osorio se posicionou contra as OSs e disse que vai devolver recursos à saúde. Já Indio da Costa comunicou que, caso eleito, irá manter as OSs. Quando o assunto foi educação, Molon (Rede) disse que vai criar mais vagas nas creches. 

+ Quase a metade dos vereadores mudaram de partido no atual mandato

Flavio Bolsonaro (PSC), que foi chamado por Marcelo Crivella (PRB), pelo nome do pai, Jair, se posicionou a favor da “Escola Sem Partido”. Crivella, que chegou a cantar trechos da música Cartomante, de Ivan Lins, em seu embate com Pedro Paul, disse que “o PMDB acabou com o projeto dos CIEPs do Brizola”.

Confira abaixo os memes que movimentaram as redes:

Debate Prefeitura TV Globo
Debate Prefeitura TV Globo

 

Debate Prefeitura TV Globo
Debate Prefeitura TV Globo

 

Debate Prefeitura TV Globo
Debate Prefeitura TV Globo

 

Debate Prefeitura Globo
Debate Prefeitura Globo

 

Debate Prefeitura Globo
Debate Prefeitura Globo

 

Debate Prefeitura Globo
Debate Prefeitura Globo

 

Debate Prefeitura Globo
Debate Prefeitura Globo

 

Debate Prefeitura Globo
Debate Prefeitura Globo

 

Debate Prefeitura Globo
Debate Prefeitura Globo

 

Debate

Debate

 

Debate Prefeitura Globo

Debate Prefeitura Globo

Publicidade