Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Trânsito na região olimpíca de Copacabana será alterado para a Rio 2016

Para receber as disputas de sete modalidades os Jogos Olímpicos, Lagoa, Forte de Copacabana Leme e Marina da Glória terão esquema especial de trânsito

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 5 dez 2016, 11h11 - Publicado em 25 jul 2016, 21h51

O trânsito passará por alterações na região olímpica de Copacabana (formada pelas instalações montadas na Lagoa, no Forte de Copacabana, no Leme e na Marina da Glória) para receber as disputas de sete modalidades dos Jogos Rio 2016. Para viabilizar a competição será necessário um esquema especial com proibição de estacionamento, pontos de bloqueios para veículos e de acessos de pedestres (confira o calendário de interdições abaixo).

A região olímpica de Copacabana, que receberá as disputas de sete modalidades na Olimpíada, terá alterações no trânsito. No local das instalações, montadas na Lagoa, no Forte de Copacabana, no Leme e na Marina da Glória, será realizado um esquema especial com proibição de estacionamento, pontos de bloqueios para veículos e de acessos de pedestres.

+ VLT começa a ser cobrado a partir desta terça (26)

Na Lagoa, as provas acontecem de 6 a 21 de agosto, na parte da manhã, e a Avenida Borges de Medeiros será fechada. Até 30 de setembro não poderão estacionar no Parque dos Patins. De 24 de julho até 16 de setembro:  Avenida Borges de Medeiros, via de serviço em frente ao Lagoon; Avenida Epitácio Pessoa, canteiro central no Jardim de Alah; Rua General Tasso Fragoso, entre a Avenida Lineu de Paula Machado e a Avenida Borges de Medeiros. De 5 a 21 de agosto: Avenida Borges de Medeiros, canteiro central no Jardim de Alah; Avenida Henrique Dumont, entre Rua Barão da Torre e Avenida Epitácio Pessoa. De 4 a 22 de agosto: Todo entorno da Lagoa Rodrigo de Freitas.

O Leme recebe as competições de Vôlei de Praia, entre 6 e 18 de agosto. A pista junto à orla da Avenida Atlântica ficará interditada entre a Avenida Princesa Isabel e o Forte do Leme. O fechamento ocorre de três formas: entre 6 e 13 de agosto, durante 24 horas por dia. De 14 a 16 de agosto, o bloqueio será das 13h às 2h do dia seguinte. Já entre 17 e 18 de agosto, ficará fechada das 19h às 3h do dia seguinte. Durante o horário das interdições, a pista junto aos edifícios da Avenida Atlântica terá o sentido invertido, entre a Praça Almirante Júlio de Noronha e a Rua Martim Afonso.

+ Olimpíada de Londres também teve problema na Vila Olímpica

Continua após a publicidade

Além dos locais onde já existe regulamentação de proibição, o estacionamento estará proibido da seguinte forma:

De 24 de julho até 19 de agosto:– Avenida Atlântica, canteiro central entre a Avenida Princesa Isabel e a Praça Almirante Júlio de Noronha;– Avenida Prado Júnior entra a Avenida Atlântica e a Rua Ministro Viveiros de Castro;– Rua Gustavo Sampaio entre Avenida Princesa Isabel e Rua Anchieta;– Rua Rodolfo Dantas, em toda sua extensão;– Avenida Atlântica junto à orla, entre a Avenida Princesa Isabel e a Praça Almirante Júlio de Noronha;– Avenida Atlântica na altura da Praça do Lido.

Os locais terão sinalização específica de proibição de estacionamento que deverá ser respeitada pelos motoristas.

Entre 24 de julho e 19 de agosto, haverá a interdição de uma faixa do Aterro do Flamengo, sentido Centro, na altura da Marina da Glória. A área de lazer do Aterro ficará suspensa nos dias 31 de julho, 7, 14 e 21 de agosto.

Proibição de estacionamento:

Além dos locais onde já existe permissão de parada de veículos, o estacionamento estará proibido da seguinte forma:De 5 a 19 de agosto:– Praça Nossa Senhora da Glória– Avenida Augusto Severo (Praça Paris)

Continua após a publicidade
Publicidade