Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Indicadores revelam tendência de aumento de casos de Covid-19 no Rio

De acordo com o último boletim da Secretaria estadual de Saúde, a procura por leitos permanece baixa. Taxa de positividade de testes de antígeno atingiu 30%

Por Agência Brasil Atualizado em 20 jun 2022, 11h31 - Publicado em 20 jun 2022, 11h30

O Panorama Covid-19, divulgado na última sexta (17) pela Secretaria estadual de Saúde (SES), mostra cenário com tendência de crescimento dos indicadores precoces da Covid-19, mas com busca de leitos ainda em patamares baixos. A análise reflete os dados registrados na semana de 6 a 12 de junho.

+ Fruto da miséria, uso de crack será aferido em novo censo feito nas ruas

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, o cenário epidemiológico da Covid-19 no estado continua apresentando tendência de aumento.  “Por isso, reforçamos o alerta para que as pessoas que ainda não completaram o esquema vacinal primário (primeira e segunda doses) e aquelas que já estão em tempo de tomar as doses de reforço que procurem um posto de saúde o quanto antes para receber a imunização. As vacinas são seguras e são a forma mais eficaz que temos para evitar casos graves e óbitos pela Covid-19”, afirmou.

Segundo a SES, os atendimentos a casos de síndrome gripal nas unidades de pronto atendimento da rede estadual (UPAs) aumentaram 16% em relação à semana anterior. Na semana de 29 de maio a 5 de junho, a média diária foi de 489 atendimentos, sendo 256 pediátricos. Já entre os dias 6 e 12 de junho, a média diária ficou em 568 atendimentos, dos quais 261 foram pediátricos.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

A secretaria informa ainda que a taxa de positividade de antígeno continua em tendência de crescimento. “Na última semana, foram realizados em média 11.500 testes por dia, sendo a positividade de 30%. Em relação ao RT-PCR, estão sendo analisados em média 900 exames por dia, com positividade de 28%. Na semana de 29 de maio a 5 de junho, a positividade dos testes de antígeno estava em 28% e a dos exames de RT-PCR, em 23%”.

As solicitações de leitos para Covid-19 apresentaram discreto aumento em relação à semana anterior, com média diária de 13 para UTI e de 14 para enfermaria.  Na semana de 29 de maio a 5 de junho, foram  13 solicitações para UTI e 12 para enfermaria. O mesmo padrão pode ser observado no número de pessoas aguardando leito. A média diária de procura é de 22 leitos de UTI e 22 de para enfermaria.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

A população pode obter mais informações no Painel de Monitoramento da Covid-19.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)