Clique e assine por apenas 4,90/mês

Temer vampiro será destaque em alegoria da Paraíso do Tuiuti

Com enrendo que aborda escravidão em tempos modernos, escola quer provocar reflexão da relação entre opressor e oprimido

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 jan 2018, 13h45 - Publicado em 4 jan 2018, 18h02

Com enredo que aborda a a escravidão em tempos atuais, a agremiação Paraíso do Tuiuti também promete chamar a atenção na Sapucaí com uma alegoria que irá representar o presidente Michel Temer como vampiro. O destaque é criação do carnavalesco Jack Vasconcelos, que visa provocar a reflexão entre opressor e oprimido.

Além de Temer, outro símbolo político cômico que também ficou conhecido graças às redes sociais será lembrado: o patinho amarelo, símbolo das manifestações contra o governo da ex-presidente Dilma Rousseff, também estará no carro, que será o último da escola.

— No carro de encerramento a gente faz uma reflexão sobre a situação (atual) do trabalhador no Brasil, especilamente o mais pobre que herdou a falta de preparo na hora da abolição. A escravidão fica datada. Essa relação de opressor e oprimido está aí, e as pessoas não percebem isso. Estamos trazendo a escravidão para análise contemporânea — explica Jack.

 

Continua após a publicidade

Publicidade