Continua após publicidade

Com sabor de festa

A equipe de VEJA RIO ganhou uma deliciosa missão: experimentar os lançamentos juninos da sorveteria Mil Frutas. Confira nosso veredito

Por Daniela Pessoa
Atualizado em 5 jun 2017, 14h56 - Publicado em 12 jul 2011, 14h48

O mês de São João já acabou, mas o clima junino ainda pipoca pela cidade. E as comidinhas típicas da data não ficam restritas aos arraiás, não sinhô! Algumas das delícias que embalam as quadrilhas viraram sorvete. A linha junina da Mil Frutas chama a atenção pelo exotismo, mas será que pelo sabor também? Experimentamos os gelados de abóbora com coco, aipim com coco, milho-verde, paçoca, pé-de-moleque, quindim e rapadura com queijo. Eles ficam em cartaz até o dia 31 de agosto, exceto o de quindim e o pé-de-moleque, fixos nos congeladores. Vai querer provar também?

Pé-de-moleque

Reprodução fiel do doce típico. Doçura moderada e pedaços generosos de amendoim. O melhor dos sorvetes que experimentamos. Fabio Codeço, repórter e crítico de comidinhas Vem com muitos pedacinhos de amendoim. Por isso, apesar da cremosidade do sorvete, ele lembra, de fato, o pé-de-moleque. O gosto da calda de açúcar e do amendoim está bem acentuado. Gostoso! Louise Peres, repórter

Na verdade me lembrou vários outros sabores. Se eu não soubesse que era de pé-de-moleque talvez eu chutasse vários. Mas é bom. Rafael Teixeira, repórter e crítico de teatro infantil

Rapadura com queijo

Duas bolas disso é diabetes na certa. Sérgio Garcia, editor

O gosto do queijo matou a rapadura. Mariane Castro, secretária

O queijo deixou a consistência deliciosamente cremosa, mas o sabor é meio esquisito no início. Quando o paladar se adapta à novidade, fica interessante. A cor, no entanto, não é das mais convidativas, ainda mais quando o sorvete vai derretendo. Daniela Pessoa, repórter Macaxeira com coco

Consistência elástica surpreendente. É como se fosse um bolo de aipim gelado, com pedacinhos de coco na medida certa. Daniela Pessoa, repórter

Continua após a publicidade

Saboroso, com boa textura e adocicado na medida certa. Meu preferido. Sérgio Garcia, editor Gostei da textura mais pesada, mas em algum momento ela me lembrou miolo de bolo solado. Marina Polo, designer

Fabio Rossi
Fabio Rossi ()

Paçoca

Os pedacinhos triturados do doce vêm na medida certa. Meu preferido, mas é páreo duro com o de macaxeira. Daniela Pessoa, repórter

Continua após a publicidade

Bem gostoso, mas não tem nada de diferente de um sorvete de amendoim. Os pedacinhos esfarelados do doce estão lá. Louise Peres, repórter É igualzinho à paçoca, mas em formato de sorvete. Se você gosta do doce, como eu, vá fundo. Senão, fuja. Rafael Teixeira, repórter e crítico de teatro infantil

Quindim

Não gostei. Achei com gosto excessivo de ovo. Fábio Codeço, repórter e crítico de comidinhas

Demorei a identificar qual era o sabor. O sorvete é pálido. A única semelhança com um quindim são os fiapos de coco abundantes. Mas é bom. Louise Peres, repórter

Continua após a publicidade

Quindim com coco transformado em sorvete: tem que fazer muito esforço para isso dar errado. Este sorvete, na minha opinião, saiu ainda melhor do que a encomenda. Meu preferido! Rafael Teixeira, repórter e crítico de teatro infantil Abóbora com coco

Não gosto de abóbora. Ernesto Neves, repórter

É um doce de abóbora gelado. Pouco açucarado, mas gostei. Amo essa combinação com coco. Louise Peres, repórter

Há doces que, transformados em sorvete, podem ficar melhores do que o original. Outros podem ficar apenas diferentes. Este ficou pior. Eu não pediria. Rafael Teixeira, repórter e crítico de teatro infantil Milho-verde

Continua após a publicidade

O gosto está mais para curau. O sabor de milho acentuado é enjoativo. Daniela Pessoa, repórter

Sabor muito forte para aguentar mais de uma colher. Já comi sorvetes de milho-verde melhores. Marina Polo, designer

O sabor do milho é bem forte, e o doce lembra mais um curau do que picolés de milho-verde daqueles que tomamos na praia. Dos que experimentamos, é o mais natural, com mais gosto da matéria-prima. Adorei! Louise Peres, repórter

Adriana Loreti
Adriana Loreti ()
Continua após a publicidade

Quanto custa: a bola sai a R$ 9,00.

Onde encontrar: Rua JJ Seabra, s/n, Jardim Botânico, tel. 2511-2550; Rua Garcia D?Ávila, 134, Ipanema, tel. 2247-2148; Estrada da Gávea, 899, 1° piso, box 07 (Shopping Fashion Mall), tel. 3322-5417.

E você? Já provou? Deixe o seu comentário!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.