Clique e assine por apenas 4,90/mês

Site promove a união de mulheres de meia-idade com homens mais jovens

Batizadas de sugar mommies, mulheres em boa situação financeira que querem sair com homens mais jovens, agora são atendidas pelo portal Meu Patrocínio 

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h00 - Publicado em 11 out 2016, 18h22

O portal de relacionamento online Meu Patrocínio propõe-se a unir jovens mulheres a homens mais velhos e com alto poder aquisitivo — daí o nome. A rede já conta com 25 000 usuários, e os cariocas representam 12% do público. As pretendentes são chamadas de sugar babies, enquanto os tiozões dispostos a abrir a carteira são os sugar daddies — algo como “papaizinhos”, na tradução não literal para o português.

+ Fernanda Gentil está namorando jornalista de 34 anos 

A novidade é que, desde junho, o portal teve que criar uma categoria à parte para atender ao pedido das brasileiras — batizadas de sugar mommies, mulheres em boa situação financeira que querem sair com homens mais jovens, também são atendidas pelo site. Desde então, já são 300 “mommies” e 3.200 rapazes inscritos. 

Publicidade