Clique e assine por apenas 4,90/mês

Separadas pela grade, casal de araras mantêm namoro no zoológico

Os dois pássaros, que passam o dia trocando carícias e comidinhas através da grade, não podem ficar juntos no mesmo ambiente

Por Gustavo Côrtes - Atualizado em 18 jan 2018, 18h35 - Publicado em 22 dez 2017, 10h09

O amor está no ar no zoológico do Rio. No viveiro onde moram 25 araras-canindés, um espécime selvagem faz visitas diárias para namorar uma das aves em cativeiro. Os dois pássaros passam o dia trocando carícias e comidinhas através da grade. Funcionários do Rio Zoo acreditam que o visitante viva na Floresta da Tijuca. “A espécie é monogâmica, e os animais escolhem um parceiro para a vida inteira”, conta a bióloga Ana Cecília Leite. O casal, no entanto, nunca poderá consumar o enlace, já que o Ibama proíbe a captura de animais silvestres, e os bichos criados em aviários não são capazes de sobreviver na natureza. Ou seja, o romance seguirá platônico.

Publicidade