Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Segundo polícia, coronel já abusava de crianças há pelo menos 20 anos

Chavarry já foi preso no passado, em 1993, ao ser flagrado com um bebê de apenas quatro meses de idade

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 5 dez 2016, 11h05 - Publicado em 13 set 2016, 17h12

Preso em flagrante no último sábado (10), o coronel reformado da PM Pedro Chavarry Duarte, de 62 anos, pode ter uma suposta rede de pedofilia por trás de suposta atividade beneficente. O homem estava em um carro estacionado em uma lanchonete, em Ramos, que acionou uma patrulha ao ver uma criança nua chorando no automóvel do coronel. Para a delegada Cristiana Bento, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítima (Dcav), o crime pode estar ocorrendo há mais de vinte anos.

+ Ex-presidente do Comitê Olímpico Europeu vai enfrentar as acusações de cambismo 

Chavarry já foi preso no passado, em 1993, ao ser flagrado com uma criança de apenas quatro meses de idade. A menina estava nua, no chão de um apartamento mantido por ele, no período, capitão no batalhão de Bangu. Livrou-se pela acusação de tráfico de crianças e respondeu apenas por maus-tratos – segundo ele, estava com a criança devido a um trabalho assistencial com gestantes carentes. Foi inocentado em segunda instância. Na segunda (12), a Justiça decretou a prisão preventiva de Chavarry que, do primeiro crime até 2016, costumava frequentar igrejas e já havia, inclusive, se filiado a um orfanato. 

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado, com Blogs e Colunistas que são a cara da cidade.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

App Veja para celular e tablet, atualizado mensalmente com todas as edições da Veja Rio

a partir de R$ 12,90/mês